Famílias beneficiam de kits para fomento do empreendedorismo

Samba Cajú - Setecentas e 70 famílias no município de Samba Cajú, 105 quilómetros da cidade de Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte, beneficiaram terça-feira, de kits profissionais , visando o auto-emprego e o fomento do empreendedorismo.

Os meios adquiridos no âmbito do Programa de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza,  foram entregues pelo governador da província, Adriano Mendes de Carvalho e beneficiaram igualmente ex-militares, cidadãos vulneráveis (idosos e portadoras de deficiências), bem como jovens.   

Entre os kits constam materiais de serralharia, pedreiros, para a constituição de cyber café (computadores, impressoras, modem, entre outros), motorizadas de três rodas, moagens, máquinas de corte e costura, fornos para confecção de pães e bolos, máquinas para fabrico de blocos para a construção civil, bem como material para a restauração.

Foram igualmente entregues pintos para o fomento da criação de aves, chapas de zinco, meios para  produção agrícola (catanas, enxadas, limas, machados), sementes e  bens alimentares, (arroz, açúcar, óleo vegetal, sabão, lixivia, entre outros), assim como equipamentos desportivos.

De acordo com a administradora municipal de Samba Caju, Ana Bela Dias, os meios orçaram 65 milhões, 887 mil 206 Kwanzas e 84 cêntimos.

Trezentas famílias que receberam bens alimentares, 200 foram agraciadas com pintos para a prática de avicultura e produção de ovos, 152 receberam kits para o fomento do auto-emprego e outras 54, sinistradas pelas chuvas, receberam chapas de zinco.

Precisou que no âmbito do Programa de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza, visando a massificação do desporto e a ocupação dos tempos livres da juventude local, foram igualmente adquiridos 550 pares de equipamentos e 25 bolas que serão distribuídos para 25 equipas locais.

Ana Bela Dias informou que o programa prevê abranger ao longo do ano 3.850 famílias.

Adiantou que apesar do país estar a viver um momento de “grandes” dificuldades a administração municipal, no âmbito das suas responsabilidades, continuará a trabalhar para o desenvolvimento do município e apoiar famílias vulneráveis, ex-militares e jovens, visando a promoção do auto-emprego e a criação de melhores condições para as famílias.

Em declarações à Angop, Vasco Kamboa, ex-militar, que beneficiou de uma motorizada, informou que utilizará o meio para serviço de moto taxi,  para a melhoria das condições socioeconómicas da sua família.

Já Miguel Sebastião, um dos jovens que beneficiou de material informático, considerou a acção da administração municipal como um gesto que visa apoiar cidadãos que têm iniciativa no ramo do empreendorismo.

O governador Adriano Mendes de Carvalho esclareceu que o programa do Executivo, virado o desenvolvimento local, visa empoderar as famílias, para melhorar as condições de vida.

 

Os meios adquiridos no âmbito do Programa de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza,  foram entregues pelo governador da província, Adriano Mendes de Carvalho e beneficiaram igualmente ex-militares, cidadãos vulneráveis (idosos e portadoras de deficiências), bem como jovens.   

Entre os kits constam materiais de serralharia, pedreiros, para a constituição de cyber café (computadores, impressoras, modem, entre outros), motorizadas de três rodas, moagens, máquinas de corte e costura, fornos para confecção de pães e bolos, máquinas para fabrico de blocos para a construção civil, bem como material para a restauração.

Foram igualmente entregues pintos para o fomento da criação de aves, chapas de zinco, meios para  produção agrícola (catanas, enxadas, limas, machados), sementes e  bens alimentares, (arroz, açúcar, óleo vegetal, sabão, lixivia, entre outros), assim como equipamentos desportivos.

De acordo com a administradora municipal de Samba Caju, Ana Bela Dias, os meios orçaram 65 milhões, 887 mil 206 Kwanzas e 84 cêntimos.

Trezentas famílias que receberam bens alimentares, 200 foram agraciadas com pintos para a prática de avicultura e produção de ovos, 152 receberam kits para o fomento do auto-emprego e outras 54, sinistradas pelas chuvas, receberam chapas de zinco.

Precisou que no âmbito do Programa de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza, visando a massificação do desporto e a ocupação dos tempos livres da juventude local, foram igualmente adquiridos 550 pares de equipamentos e 25 bolas que serão distribuídos para 25 equipas locais.

Ana Bela Dias informou que o programa prevê abranger ao longo do ano 3.850 famílias.

Adiantou que apesar do país estar a viver um momento de “grandes” dificuldades a administração municipal, no âmbito das suas responsabilidades, continuará a trabalhar para o desenvolvimento do município e apoiar famílias vulneráveis, ex-militares e jovens, visando a promoção do auto-emprego e a criação de melhores condições para as famílias.

Em declarações à Angop, Vasco Kamboa, ex-militar, que beneficiou de uma motorizada, informou que utilizará o meio para serviço de moto taxi,  para a melhoria das condições socioeconómicas da sua família.

Já Miguel Sebastião, um dos jovens que beneficiou de material informático, considerou a acção da administração municipal como um gesto que visa apoiar cidadãos que têm iniciativa no ramo do empreendorismo.

O governador Adriano Mendes de Carvalho esclareceu que o programa do Executivo, virado o desenvolvimento local, visa empoderar as famílias, para melhorar as condições de vida.