Detidos cidadãos de Benguela e Huambo por tráfico de ouro 

  • Desmantelada rede de tráfico de ouro e mercúrio
Lubango – Dois cidadãos nacionais de 33 e 34 anos de idade foram detidos em flagrante delito pela Polícia Nacional, no domingo, na cidade do Lubango, Huíla, em posse de 5.15 quilogramas de ouro para comercialização.

A detenção ocorreu no âmbito de uma operação de combate ao tráfico de minerais estratégicos, desencadeada no fim-de-semana.

Os cidadãos em causa são oriundos das províncias do Huambo e de Benguela e estavam a comercializar o produto a 125 milhões de kwanzas, na comuna do Hoque, segundo o porta-voz da Polícia Nacional na Huíla, 3º subchefe Fernando Tongo.

Em declarações à ANGOP, esta segunda-feira, o porta-voz declarou que a polícia está a trabalhar para saber a proveniência do produto, sendo que os detidos serão apresentados, nos próximos dias, ao Ministério Público para definição da medida de coação pessoal.

Fez saber que, para além do produto, a corporação apreendeu, igualmente, duas balanças e reagentes para testar ouro.

Essa é quarta detenção de traficantes de Ouro este ano, sendo que o minério tem sido extraído de forma ilegal por garimpeiros nos municípios da Jamba e do Chipindo. Desde Janeiro, 21 pessoas foram detidas por essa prática, na porvíncia.

A detenção ocorreu no âmbito de uma operação de combate ao tráfico de minerais estratégicos, desencadeada no fim-de-semana.

Os cidadãos em causa são oriundos das províncias do Huambo e de Benguela e estavam a comercializar o produto a 125 milhões de kwanzas, na comuna do Hoque, segundo o porta-voz da Polícia Nacional na Huíla, 3º subchefe Fernando Tongo.

Em declarações à ANGOP, esta segunda-feira, o porta-voz declarou que a polícia está a trabalhar para saber a proveniência do produto, sendo que os detidos serão apresentados, nos próximos dias, ao Ministério Público para definição da medida de coação pessoal.

Fez saber que, para além do produto, a corporação apreendeu, igualmente, duas balanças e reagentes para testar ouro.

Essa é quarta detenção de traficantes de Ouro este ano, sendo que o minério tem sido extraído de forma ilegal por garimpeiros nos municípios da Jamba e do Chipindo. Desde Janeiro, 21 pessoas foram detidas por essa prática, na porvíncia.