Mulheres empreendedoras beneficiam de apoios

Chitembo – Mais de 24 milhões de kwanzas é o valor empregue, nos últimos dez meses, pela Administração Municipal do Chitembo, no apoio à 100 mulheres organizadas em cooperativas na criação de micro e pequenas empresas, no quadro do combate à fome e à pobreza.

 

O facto foi avançado à ANGOP hoje pelo director local do Gabinete de Estudo, Planeamento e Estatística (GEPE), Latino Cassinda Chissamba, quando falava no quadro da visita de trabalho à circunscrição do vice-governador para a área Política, Económica e Social, António Manuel.

Para o responsável, o apoio resulta do eixo de promoção social, formação e capacitação feminina no meio rural, tendo ressaltado que para tal as mesmas  mulheres foram capacitadas sobre técnicas de empreendedorismo, associativismo e outras acções  no meio rural.

Foram adquiridas também duas moagens de médio porte e igual número de panificadoras, material de apicultura para as cooperativas femininas.

Cooperativas de ex-militares beneficiam de tractores

Nove tractores serão entregues, na próxima semana, a igual número de cooperativas de ex-militares no município do Chitembo, informou o director municipal dos Registos e Modernização Administrativa, Ramos Augusto.

Em declarações à ANGOP, no final da visita de algumas horas ao município do Chitembo do vice-governador, António Manuel, para radiografar as acções de combate à fome e à pobreza, o responsável disse que Chitembo controla mil e 676 ex-militares, dos quais 120 constam da lista de apoios nessa fase e os restantes em etapas seguintes.

Segundo o responsável, é ideia do governo entregar bens à ex-militares  para o seu auto-sustento, para que até 2022 esse programa chegue ao fim.

Para além dos tractores e suas respectivas charruas, está previsto, no quadro do combate à fome e à pobreza, outros apoios consubstanciados em chapas, cimento e barrotes, para o apetrecho das suas residências.

 

 

O facto foi avançado à ANGOP hoje pelo director local do Gabinete de Estudo, Planeamento e Estatística (GEPE), Latino Cassinda Chissamba, quando falava no quadro da visita de trabalho à circunscrição do vice-governador para a área Política, Económica e Social, António Manuel.

Para o responsável, o apoio resulta do eixo de promoção social, formação e capacitação feminina no meio rural, tendo ressaltado que para tal as mesmas  mulheres foram capacitadas sobre técnicas de empreendedorismo, associativismo e outras acções  no meio rural.

Foram adquiridas também duas moagens de médio porte e igual número de panificadoras, material de apicultura para as cooperativas femininas.

Cooperativas de ex-militares beneficiam de tractores

Nove tractores serão entregues, na próxima semana, a igual número de cooperativas de ex-militares no município do Chitembo, informou o director municipal dos Registos e Modernização Administrativa, Ramos Augusto.

Em declarações à ANGOP, no final da visita de algumas horas ao município do Chitembo do vice-governador, António Manuel, para radiografar as acções de combate à fome e à pobreza, o responsável disse que Chitembo controla mil e 676 ex-militares, dos quais 120 constam da lista de apoios nessa fase e os restantes em etapas seguintes.

Segundo o responsável, é ideia do governo entregar bens à ex-militares  para o seu auto-sustento, para que até 2022 esse programa chegue ao fim.

Para além dos tractores e suas respectivas charruas, está previsto, no quadro do combate à fome e à pobreza, outros apoios consubstanciados em chapas, cimento e barrotes, para o apetrecho das suas residências.