ENDE e BAI assinam acordo para pagamentos directos de energia

  • Huíla: Stands na Expo-Huíla
Lubango – A Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE), na Huíla, assinou hoje, sexta-feira, no Lubango, um memorando de entendimento com o Banco Angolano de Investimentos (BAI), para que os seus clientes passam pagar o consumo de energia de forma directa, com descontos automáticos mensais.

O memorando assinado na Expo-Huíla, maior bolsa de negócios do centro e sul do país, insere-se num serviço denominado "Deixe o banco pagar a sua energia" e visa simplificar a vida do cidadão e manter as suas contas de luz sempre pagas.

À margem do acto, em declarações à Angop, o agente de comunicação da ENDE na Huíla, Wilson Haukelo, afirmou que a vantagem é que há maior conforto, sendo que mantém uma “boa” relação com a ENDE, sem esforço e preocupações com os pagamentos.

Segundo ele, para que isso acontece basta que os clientes tenham contas domiciliadas no referido banco e adiram os serviços da ENDE.

Declarou que a equipa técnica da ENDE vai continuar a fazer vistoria e fiscalização para todos os seus clientes, com destaque para aqueles que se encontram na condição de dívida, tenham o fornecimento suspenso.

 

O memorando assinado na Expo-Huíla, maior bolsa de negócios do centro e sul do país, insere-se num serviço denominado "Deixe o banco pagar a sua energia" e visa simplificar a vida do cidadão e manter as suas contas de luz sempre pagas.

À margem do acto, em declarações à Angop, o agente de comunicação da ENDE na Huíla, Wilson Haukelo, afirmou que a vantagem é que há maior conforto, sendo que mantém uma “boa” relação com a ENDE, sem esforço e preocupações com os pagamentos.

Segundo ele, para que isso acontece basta que os clientes tenham contas domiciliadas no referido banco e adiram os serviços da ENDE.

Declarou que a equipa técnica da ENDE vai continuar a fazer vistoria e fiscalização para todos os seus clientes, com destaque para aqueles que se encontram na condição de dívida, tenham o fornecimento suspenso.