EPAL anuncia corte em Luanda

  • Novo sistema de captação de água do Balombo
Luanda - A Empresa Pública de Águas de Luanda (EPAL-E.P) interrompe, neste sábado, o fornecimento de água potável em alguns bairros da capital angolana, devido a trabalhos de reparação na conduta do diâmetro nominal 700 milímetros.

A intervenção será realizada no âmbito da melhoria do programa de abastecimento à cidade de Luanda, e como consequência ficarão privados do abastecimento de água os bairros da Boavista,  Ilha de Luanda e zona do Porto de Luanda.

Sem precisar o período de duração dos  trabalhos,  a Epal refere que os  bairros Patrice  Lumbumba, Bungo, Coqueiros e Avenida  de Portugal fazem, igualmente, parte dos locais abrangidos pelo corte.

De acordo com uma nota de imprensa chegada à Angop, a conduta que será intervencionada localizada- se no distrito urbano da Ingombota.

A Epal tem sob controlo cerca de um milhão de clientes cadastrados em Luanda.

 

 

A intervenção será realizada no âmbito da melhoria do programa de abastecimento à cidade de Luanda, e como consequência ficarão privados do abastecimento de água os bairros da Boavista,  Ilha de Luanda e zona do Porto de Luanda.

Sem precisar o período de duração dos  trabalhos,  a Epal refere que os  bairros Patrice  Lumbumba, Bungo, Coqueiros e Avenida  de Portugal fazem, igualmente, parte dos locais abrangidos pelo corte.

De acordo com uma nota de imprensa chegada à Angop, a conduta que será intervencionada localizada- se no distrito urbano da Ingombota.

A Epal tem sob controlo cerca de um milhão de clientes cadastrados em Luanda.