EPAL-EP anuncia reposição gradual de água nas zonas afectadas em Luanda

Luanda – A Empresa Pública de Águas (EPAL-EP) informa que está a ser feita de forma gradual e faseada, a reposição do abastecimento de água potável nas zonas afectadas da província de Luanda, com excepção de toda extensão do distrito urbano do Zango, no município de Viana.

De acordo com uma nota distribuída hoje (terça-feira) à ANGOP, a EPAL indica que, foram superados os constrangimentos que causaram a paralisação das estações de tratamento de água do Luanda Sul, Luanda Sudeste, Kikuxi 1 e Kikuxi 2.

 

Entretanto, prossegue o documento, as equipas técnicas estão a proceder ao monitoramento da qualidade da água, na Estação de Tratamento de Água de Calumbo, para aferir a conformidade dos parâmetros (qualidade) e restabelecer o seu funcionamento o mais rápido possível.

Recorde-se que estavam privados do fornecimento de água, os municípios de Viana, Kilamba Kiaxi e Talatona (em toda extensão), e os distritos urbanos da Maianga, Samba e uma parte de Ingombota (município de Luanda) e Belas (excepto a Cidade do Kilamba).

 

A EPAL -EP pede compreensão aos seus clientes pelos transtornos causados, reafirmando o compromisso de continuar a trabalhar para melhor servir o cidadão.

De acordo com uma nota distribuída hoje (terça-feira) à ANGOP, a EPAL indica que, foram superados os constrangimentos que causaram a paralisação das estações de tratamento de água do Luanda Sul, Luanda Sudeste, Kikuxi 1 e Kikuxi 2.

 

Entretanto, prossegue o documento, as equipas técnicas estão a proceder ao monitoramento da qualidade da água, na Estação de Tratamento de Água de Calumbo, para aferir a conformidade dos parâmetros (qualidade) e restabelecer o seu funcionamento o mais rápido possível.

Recorde-se que estavam privados do fornecimento de água, os municípios de Viana, Kilamba Kiaxi e Talatona (em toda extensão), e os distritos urbanos da Maianga, Samba e uma parte de Ingombota (município de Luanda) e Belas (excepto a Cidade do Kilamba).

 

A EPAL -EP pede compreensão aos seus clientes pelos transtornos causados, reafirmando o compromisso de continuar a trabalhar para melhor servir o cidadão.