Estrada de Ngola Luije beneficia de terraplanagem no âmbito do PIIM

Malanje- Trinta e cinco quilómetros da estrada, que liga a sede de Malanje a comuna de Ngola Luije, beneficiam de terraplanagem no âmbito do PIIM (Plano Integrado de Intervenção nos Municípios), visando melhorar a circulação e as trocas comerciais.

A empreitada está orçada em 199 milhões de kwanzas e inclui mais três quilómetros do troço bairro Catepa ao Dom Quixote, cujas obras decorrem desde Agosto de 2020, a cargo da empreiteira Alva Ventures.

Com vista a aferir o grau de execução das obras, o governador de Malanje, Norberto Fernandes dos Santos, percorreu hoje, terça-feira, o troço em reabilitação e recebeu garantias da conclusão da mesma em dois meses.

Segundo o governador, as frequentes chuvas que se abatem sobre a região condicionaram as obras, pelo que se registou um ligeiro atraso na sua conclusão, daí o alargamento do prazo por mais 60 dias, por parte do empreiteiro.

Por sua vez, o regedor de Ngola Luije, soba Andrade Jungo Dala, destacou os ganhos da região com a reabilitação da estrada, uma vez que a mesma encontrava-se quase intransitável para automóveis.

“O desenvolvimento económico começa a se fazer sentir, porquanto as trocas comerciais e a livre circulação de pessoas e bens já é uma realidade, apesar das obras ainda estarem a decorrer”, sublinhou o soba.

A par da estrada de Ngola Luije, Norberto dos Santos visitou igualmente as obras do troço bairro Vila Matilde, nesta cidade, ao município de Mucari, num percurso de 55 quilómetros, ao longo da estrada nacional 230, que liga Malanje as províncias do leste do país.

A jornada de trabalho do governador prosseguiu com visita as obras de reabilitação da estrada do bairro Canâmbua, no âmbito do programa de infra-estruturas integradas e das escolas Hoji Ya Henda e Nº 87.

A empreitada está orçada em 199 milhões de kwanzas e inclui mais três quilómetros do troço bairro Catepa ao Dom Quixote, cujas obras decorrem desde Agosto de 2020, a cargo da empreiteira Alva Ventures.

Com vista a aferir o grau de execução das obras, o governador de Malanje, Norberto Fernandes dos Santos, percorreu hoje, terça-feira, o troço em reabilitação e recebeu garantias da conclusão da mesma em dois meses.

Segundo o governador, as frequentes chuvas que se abatem sobre a região condicionaram as obras, pelo que se registou um ligeiro atraso na sua conclusão, daí o alargamento do prazo por mais 60 dias, por parte do empreiteiro.

Por sua vez, o regedor de Ngola Luije, soba Andrade Jungo Dala, destacou os ganhos da região com a reabilitação da estrada, uma vez que a mesma encontrava-se quase intransitável para automóveis.

“O desenvolvimento económico começa a se fazer sentir, porquanto as trocas comerciais e a livre circulação de pessoas e bens já é uma realidade, apesar das obras ainda estarem a decorrer”, sublinhou o soba.

A par da estrada de Ngola Luije, Norberto dos Santos visitou igualmente as obras do troço bairro Vila Matilde, nesta cidade, ao município de Mucari, num percurso de 55 quilómetros, ao longo da estrada nacional 230, que liga Malanje as províncias do leste do país.

A jornada de trabalho do governador prosseguiu com visita as obras de reabilitação da estrada do bairro Canâmbua, no âmbito do programa de infra-estruturas integradas e das escolas Hoji Ya Henda e Nº 87.