Ex-militares munidos de meios de trabalho na Chibia

  • Associacões de ex militares na Chibia Huila Recebem Kits de trabalho
Chibia – Quatro associações de ex-militares do município da Chibia, província da Huíla, beneficiaram, hoje, kits de trabalho para promoverem o auto-emorego e dinamizarem a geração de renda, a fim de reduzirem a vulnerabilidade a que estão expostos.

O objectivo é que os beneficiários sejam capazes de assegurar a sustentabilidade de suas famílias, gerar novos empregos e participarem no desenvolvimento produtivo do município.

Trata-se de três associações de ex-militares, que congregam 95 filiados  e uma de Mulheres Empreendedoras, que alberga 27 viúvas de ex-militares, localizadas nas comunas sede, Jau, Capunda Cavilongo, Quihita e no sector da Lufinda.

Receberam no total 17 kits de trabalho, nomeadamente cinco do segmento da agro-pecuária, quatro de moageiras e o igual número de alfaiataria e moto-táxi, meios adquiridos no âmbito do Programa Integrado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza (PIDLCP).

Ao falar no acto de entrega, o administrador da Chibia, Sérgio da Cunha Velho, disse que os bens visam aumentar a renda das famílias e integrá-las na vida socioprofissional e económica, através desse programa que promove a protecção, inclusão social e produtiva dos ex-militares e seus ascendentes.

Disse acreditar estarem criadas as condições para que os ex-militares possam continuar a dar o seu contributo para o desenvolvimento do país.

Destacou que a administração vai continuar adquirir meios para prosseguir com a inserção do público-alvo e seus ascendentes na vida produtiva, até à concretização da meta que passa por enquadrar mais de 600 desmobilizados no programa.

 

O objectivo é que os beneficiários sejam capazes de assegurar a sustentabilidade de suas famílias, gerar novos empregos e participarem no desenvolvimento produtivo do município.

Trata-se de três associações de ex-militares, que congregam 95 filiados  e uma de Mulheres Empreendedoras, que alberga 27 viúvas de ex-militares, localizadas nas comunas sede, Jau, Capunda Cavilongo, Quihita e no sector da Lufinda.

Receberam no total 17 kits de trabalho, nomeadamente cinco do segmento da agro-pecuária, quatro de moageiras e o igual número de alfaiataria e moto-táxi, meios adquiridos no âmbito do Programa Integrado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza (PIDLCP).

Ao falar no acto de entrega, o administrador da Chibia, Sérgio da Cunha Velho, disse que os bens visam aumentar a renda das famílias e integrá-las na vida socioprofissional e económica, através desse programa que promove a protecção, inclusão social e produtiva dos ex-militares e seus ascendentes.

Disse acreditar estarem criadas as condições para que os ex-militares possam continuar a dar o seu contributo para o desenvolvimento do país.

Destacou que a administração vai continuar adquirir meios para prosseguir com a inserção do público-alvo e seus ascendentes na vida produtiva, até à concretização da meta que passa por enquadrar mais de 600 desmobilizados no programa.