Famílias vulneráveis recebem cestas básicas no Huambo

Huambo – Nove mil famílias vulneráveis dos municípios da Caála, Cachiungo, Huambo e Ucuma, na província do Huambo, beneficiaram hoje, sábado, de cestas básicas, distribuídas no âmbito do Projecto UKamba ou “o Amigo”, em língua nacional Umbundo.

Dos bens entregues, em acto simbólico decorrido no município da Caála, constam arroz, açúcar, massa alimentar, óleo vegetal, farinha de milho, feijão, sal de cozinha, farinha de trigo e outros bens, com o objectivo de melhorar o bem-estar e da qualidade de vida desta franja da sociedade.

As cestas básicas, de acordo com o porta-voz da organização, Mauro Aguiar, em declarações à ANGOP, foram entregues ao Gabinete local da Acção Social, Família e Igualdade do Género, numa iniciativa da empresa Hersodin.

Acrescentou que a entrega das cestas básicas deve-se aos dados do Censo de 2014, efectuado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), onde indica que os municípios do Mungo, Chicala-Cholohanga, Cachiungo, Londuimbali e Chinjenje apresentam uma incidência de pobreza no mínimo de 81 por cento, significando que, pelo menos, cerca de oito em cada 10 pessoas, nestas regiões, são multidimensionalmente pobres.

De igual modo, o projecto Ukamba pretende estender a sua actuação a outras províncias de Angola, no sentido de beneficiar a população mais carente.

Com uma área de 35 mil e 771 quilómetros quadrados, que perfazem 11 municípios, 37 comunas e 3.387 aldeias, vivem no Huambo, Planalto Central de Angola, dois milhões e 519 e 309 habitantes que, na sua maioria, se dedicam à agricultura.

Dos bens entregues, em acto simbólico decorrido no município da Caála, constam arroz, açúcar, massa alimentar, óleo vegetal, farinha de milho, feijão, sal de cozinha, farinha de trigo e outros bens, com o objectivo de melhorar o bem-estar e da qualidade de vida desta franja da sociedade.

As cestas básicas, de acordo com o porta-voz da organização, Mauro Aguiar, em declarações à ANGOP, foram entregues ao Gabinete local da Acção Social, Família e Igualdade do Género, numa iniciativa da empresa Hersodin.

Acrescentou que a entrega das cestas básicas deve-se aos dados do Censo de 2014, efectuado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), onde indica que os municípios do Mungo, Chicala-Cholohanga, Cachiungo, Londuimbali e Chinjenje apresentam uma incidência de pobreza no mínimo de 81 por cento, significando que, pelo menos, cerca de oito em cada 10 pessoas, nestas regiões, são multidimensionalmente pobres.

De igual modo, o projecto Ukamba pretende estender a sua actuação a outras províncias de Angola, no sentido de beneficiar a população mais carente.

Com uma área de 35 mil e 771 quilómetros quadrados, que perfazem 11 municípios, 37 comunas e 3.387 aldeias, vivem no Huambo, Planalto Central de Angola, dois milhões e 519 e 309 habitantes que, na sua maioria, se dedicam à agricultura.