Kwenda acerta processo no município de Muconda

Saurimo- Os munícipes do Muconda, na província da Lunda Sul, podem beneficiar ainda no primeiro trimestre deste ano do programa Kwenda, de transferências sociais monetárias a famílias vulneráveis.

Para o efeito, decorre na localidade o processo de correcção de dados (nome e número de bilhete de identidade), assim como fotografias dos cinco mil e 57 cidadãos cadastrados nos meses de Novembro e Dezembro último.

Posteriormente far-se-á ainda uma última triagem no sentido de aferir, entre os cadastrados, quais são efectivamente as famílias vulneráveis que devem beneficiar dos 25 mil por trimestre, de acordo com responsável local do Fundo de Apoio Social (FAS), Simão Mucongo.

O programa contempla também a componente de inclusão produtiva e municipalização da acção social.

Iniciado em 2020, nos municípios de Cambundi-Catembo (Malanje), Cacula (Huíla), Cuito Cuanavale (Cuando Cubango), Ombadja (Cunene) e Nzeto (Zaire), o programa prevê o pagamento faseado de um milhão e 608 mil famílias dos 164 municípios do país até 2023.

O mesmo visa, entre outros objectivos, dar resposta a políticas de assistência e protecção social a favor de cidadãos em situação de vulnerabilidade.

O município de Muconda dista a 191 quilómetros a nordeste da cidade de Saurimo e tem mais de 30 mil habitantes.

 

 

 

 

 

 

 

Para o efeito, decorre na localidade o processo de correcção de dados (nome e número de bilhete de identidade), assim como fotografias dos cinco mil e 57 cidadãos cadastrados nos meses de Novembro e Dezembro último.

Posteriormente far-se-á ainda uma última triagem no sentido de aferir, entre os cadastrados, quais são efectivamente as famílias vulneráveis que devem beneficiar dos 25 mil por trimestre, de acordo com responsável local do Fundo de Apoio Social (FAS), Simão Mucongo.

O programa contempla também a componente de inclusão produtiva e municipalização da acção social.

Iniciado em 2020, nos municípios de Cambundi-Catembo (Malanje), Cacula (Huíla), Cuito Cuanavale (Cuando Cubango), Ombadja (Cunene) e Nzeto (Zaire), o programa prevê o pagamento faseado de um milhão e 608 mil famílias dos 164 municípios do país até 2023.

O mesmo visa, entre outros objectivos, dar resposta a políticas de assistência e protecção social a favor de cidadãos em situação de vulnerabilidade.

O município de Muconda dista a 191 quilómetros a nordeste da cidade de Saurimo e tem mais de 30 mil habitantes.