FAS vai executar 19 projectos sociais no Cunene

  • Posto medico a ser reabilitado pelo FAS no munícipio de Ombadja
  • Escola primária Simioni Mukuni, por reabilitar
Ondjiva – Dezanove projectos ligados aos sectores da saúde, educação e águaS serão executados, este ano, nos municípios de Ombadja e Curoca, província do Cunene, pelo Fundo de Apoio Social (FAS).

Em Ombadja será reabilitada uma escola primária de três salas de aula, posto médico, residência de enfermeiros, abertura de dois furos de águas com equipamentos solares, quatro represas, uma chimpaca e reabilitação de outras duas.

No Curoca estão previstos 10 projectos, onde constam a construção de uma micro-barragem, abertura de duas chimpacas e reabilitação de outras cinco, um dique e uma represa, para a retenção da água da chuva e cheias.

Em declarações à Angop, nesta terça-feira, a chefe de departamento executivo do FAS no Cunene, Pancrácia Hossi, explicou que estão ainda na fase dos concursos públicos, para se apurar as empresas que irão executar os projectos.

Informou que o montante a aplicar nos projectos será conhecido e disponibilizado quando as empresas vencedoras ao concurso apresentarem as suas propostas.

Pancrácia Hossi disse que os projectos voltados para as águas vão permitir dar de beber a população, dinamizar a produção agrícola e abeberamento do gado, nesses dois municípios da província do Cunene.

 

Em Ombadja será reabilitada uma escola primária de três salas de aula, posto médico, residência de enfermeiros, abertura de dois furos de águas com equipamentos solares, quatro represas, uma chimpaca e reabilitação de outras duas.

No Curoca estão previstos 10 projectos, onde constam a construção de uma micro-barragem, abertura de duas chimpacas e reabilitação de outras cinco, um dique e uma represa, para a retenção da água da chuva e cheias.

Em declarações à Angop, nesta terça-feira, a chefe de departamento executivo do FAS no Cunene, Pancrácia Hossi, explicou que estão ainda na fase dos concursos públicos, para se apurar as empresas que irão executar os projectos.

Informou que o montante a aplicar nos projectos será conhecido e disponibilizado quando as empresas vencedoras ao concurso apresentarem as suas propostas.

Pancrácia Hossi disse que os projectos voltados para as águas vão permitir dar de beber a população, dinamizar a produção agrícola e abeberamento do gado, nesses dois municípios da província do Cunene.