Feira da Polícia permite recuperação de documentos diversos

Luanda - Quarenta e seis bilhetes de identidade, 33 passes de serviço, 15 cartas de condução, sete cartões de débito, cinco de eleitor e um passaporte, foram entregues aos legítimos proprietários, durante uma exposição de bens extraviados e apreendidos pela Polícia Nacional.

Realizada durante um dia (Sábado), no município do Cazenga, a feira foi promovida pelo Comando provincial da Polícia Nacional, tendo sido expostos, além de documentos diversos, outros artigos extraviados, furtados e roubados, porém recuperados pela corporação, como electrodomésticos, aparelhos de som, televisores, amplificadores, telemóveis e placas electrónicas.

O porta-voz da corporação em Luanda, Inspector-chefe Nestor Goubel, informou que os artigos expostos, cujos legítimos proprietários nunca reclamaram ou desconheciam o paradeiro, foram recuperados durante o ano 2020 pelas unidades da Polícia que integram a província de Luanda.

Para recuperação dos bens pessoais, segundo Nestor Goubel, os legítimos proprietários apresentaram prova documental que atesta a sua titularidade. Os documentos não reclamados serão remetidos aos órgãos emissores, nomeadamente, Serviço de Identificação, e de Migração e Estrangeiros).

Evento inédito na província de Luanda, segundo informou, passará a ser realizado, de agora em diante, em outros municípios da capital, com a periodicidade semestral, sendo que a próxima foi anunciada para o município de Viana.

A exposição do município do Cazenga foi visitada por mais de 1.500 cidadãos.

A província de Luanda integra os municípios de Luanda, Cazenga, Viana, Cacuaco, Kilamba Kiaxi, Talatona, Belas, Icolo e Bengo e Quiçama.

Realizada durante um dia (Sábado), no município do Cazenga, a feira foi promovida pelo Comando provincial da Polícia Nacional, tendo sido expostos, além de documentos diversos, outros artigos extraviados, furtados e roubados, porém recuperados pela corporação, como electrodomésticos, aparelhos de som, televisores, amplificadores, telemóveis e placas electrónicas.

O porta-voz da corporação em Luanda, Inspector-chefe Nestor Goubel, informou que os artigos expostos, cujos legítimos proprietários nunca reclamaram ou desconheciam o paradeiro, foram recuperados durante o ano 2020 pelas unidades da Polícia que integram a província de Luanda.

Para recuperação dos bens pessoais, segundo Nestor Goubel, os legítimos proprietários apresentaram prova documental que atesta a sua titularidade. Os documentos não reclamados serão remetidos aos órgãos emissores, nomeadamente, Serviço de Identificação, e de Migração e Estrangeiros).

Evento inédito na província de Luanda, segundo informou, passará a ser realizado, de agora em diante, em outros municípios da capital, com a periodicidade semestral, sendo que a próxima foi anunciada para o município de Viana.

A exposição do município do Cazenga foi visitada por mais de 1.500 cidadãos.

A província de Luanda integra os municípios de Luanda, Cazenga, Viana, Cacuaco, Kilamba Kiaxi, Talatona, Belas, Icolo e Bengo e Quiçama.