Fundação Brilhante financia bolsas de estudo

  • Governador do Moxico, Manuel Gonçalves Muandumba
Luena - Cerca de 327 milhões e 600 mil Kwanzas foram disponibilizados pela Fundação Brilhante para apoiar 590 cidadãos, na província do Moxico, nos domínios da educação e empreendedorismo.

No quadro da educação, a Fundação Brilhante, instituição que gere a política social da ENDIAMA E.P, vai financiar com bolsas de estudo 250 alunos, que frequentam o I ciclo, até concluirem o ensino médio.

Cada um dos alunos vai beneficiar de um valor anual de 120 mil Kwanzas, no quadro do programa denominado "Catoca aluno".

Já para o sub-sistema do ensino superior, a fundação vai financiar 10 bolsas internas para estudantes que frequentam a licenciatura, com cada um dos beneficiários a receber 36 mil Kwanzas/mês.

Quanto as bolsas externas, a instituição vai custear 10 bolsas, em que cada candidato poderá receber 800 Dólares mensais para suportar os estudos.

No plano de pós-graduação, o programa subsidiará igualmente 10 bolsas, com USD mil e 200 mensais para os candidatos.

No capítulo do empreendedorismo, a Fundação Brilhante vai disponibilizar, através do programa "Catoca jovem", um total de três milhões de Kwanzas, para beneficiar 10 pequenos investidores.

A fundação, no quadro do programa "Catoca mulher rural", vai beneficiar 300 pessoas, com 36 mil Kwanzas para cada beneficiária.

Em declarações à imprensa, no final de uma audiência que lhe foi concedida pelo governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba, o coordenador da comissão instaladora da Fundação Brilhante, Bruno dos Santos, disse que as verbas já estão disponíveis, no sentido de serem operacionalizados e exigiu rigor e transparência na sua implementação.

Já o governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba, agradeceu o gesto da fundação que poderá contribuir na resolução de alguns problemas que afectam a população local.

O governante anunciou, para os próximos dias, a criação de uma comissão provincial que vai definir as regras de selecção dos candidatos aos referidos programas.

No quadro da educação, a Fundação Brilhante, instituição que gere a política social da ENDIAMA E.P, vai financiar com bolsas de estudo 250 alunos, que frequentam o I ciclo, até concluirem o ensino médio.

Cada um dos alunos vai beneficiar de um valor anual de 120 mil Kwanzas, no quadro do programa denominado "Catoca aluno".

Já para o sub-sistema do ensino superior, a fundação vai financiar 10 bolsas internas para estudantes que frequentam a licenciatura, com cada um dos beneficiários a receber 36 mil Kwanzas/mês.

Quanto as bolsas externas, a instituição vai custear 10 bolsas, em que cada candidato poderá receber 800 Dólares mensais para suportar os estudos.

No plano de pós-graduação, o programa subsidiará igualmente 10 bolsas, com USD mil e 200 mensais para os candidatos.

No capítulo do empreendedorismo, a Fundação Brilhante vai disponibilizar, através do programa "Catoca jovem", um total de três milhões de Kwanzas, para beneficiar 10 pequenos investidores.

A fundação, no quadro do programa "Catoca mulher rural", vai beneficiar 300 pessoas, com 36 mil Kwanzas para cada beneficiária.

Em declarações à imprensa, no final de uma audiência que lhe foi concedida pelo governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba, o coordenador da comissão instaladora da Fundação Brilhante, Bruno dos Santos, disse que as verbas já estão disponíveis, no sentido de serem operacionalizados e exigiu rigor e transparência na sua implementação.

Já o governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba, agradeceu o gesto da fundação que poderá contribuir na resolução de alguns problemas que afectam a população local.

O governante anunciou, para os próximos dias, a criação de uma comissão provincial que vai definir as regras de selecção dos candidatos aos referidos programas.