Governador pede maior celeridade nas obras

Luena - O governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba, exigiu hoje, no Luena, às empresas encarregues pela execução das obras de impacto socio-económico na circunscrição maior celeridade.

Trata-se das obras do edifício que vai acomodar as direcções provinciais compondo 68 gabinetes distribuidos em 17 naves, orçadas em 214 milhões e 200 mil kwanzasfinanciado por via de Eurobond´s.

Apesar de serem financiadas à totalidade, as obras, retomadas há oito meses, após 10 anos de paralisação, registam um ligeiro atraso, estando, nessa altura, a 40 por cento de execução física.

Essa situação deixou o governador “desconfortável”, durante a visita às obras, tendo orientado que se acelere os trabalhos para se cumprir os prazos acordados.

Por sua vez, o encarregado de obras da empresa contratada para fazer acabamento do referido edifício, San Xin, justificou o atraso com os trabalhos de rectificações dos erros de base cometidos pelas empresas anteriores.

Ainda assim, prometeu concluí-la dentro de três meses.

Enquanto isso, na escola do ensino primário “Camarada Kwenha”, o governador recebeu informações de que as obras de reabilitação estão a 35 por cento de execução.

 Financiado por via das Eurobond´s em mais de 500 milhões de kwanzas, após concluida em quatro meses, a escola terá 28 salas de aula contra as actuais oito.

Já no futuro Centro Materno Infantil (antiga Maternidade provincial), igualmente visitadas pelo governador, as construções estão na ordem de 67 por cento de execução física, e vão consumir 182 milhões de kwanzas.