Governador inspecciona obras do PIIM no Cuito

Cuito - O governador do Bié, Pereira Alfredo, inspeccionou hoje, na cidade do Cuito, catorze equipamentos sociais ligados ao Programa Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), visando averiguar o grau de cumprimento das empresas construtoras e fiscalizadoras.

Durante a sua jornada, o governante visitou a escola de formação de técnicos de saúde, quadras polidesportivas da centralidade Horizonte do Cuito e do bairro Caluco, edifício da Televisão Pública de Angola (TPA), academia de música, ponte sobre o rio Cangalo e o seminário menor do Cuito.

Pereira Alfredo constatou ainda as obras de reabilitação do Hospital provincial, reabilitação e ampliação do edifício do Governo, ponte sobre o rio Camalaya, requalificação do cemitério monumento, hospital municipal do Cuito, situado na comuna do Cunje, assim como a estrada que liga Cuito à comuna do Trumba.

Nestas empreitadas, que tiveram início o ano passado, algumas delas verifica-se um atraso em termos de execução física, sobretudo na quadra da centralidade, onde Pereira Alfredo deu mais trinta dias ao empreiteiro para a retomada das obras, sob risco de rompimento do contrato.

Em toda província do Bié, estão em curso 133 projectos, dos 185 inscritos nesta região do centro do país, o que corresponde a 70 porcento de execução física e financeira. Essas empreitadas têm prazo para terminar ainda este ano.  

No sector da educação estão em construção 450 salas de aula, enquanto na saúde estão em construção, reabilitação, ampliação e apetrechamento 11 unidades sanitárias, que se traduzirá num incremento de mais 500 camas, a partir do próximo ano.

Estão ainda em curso a terraplanagem da malha rodoviária de cerca de 800 quilómetros, assim como prevê-se o lançamento de asfaltagem de cerca de outros 100 quilómetros, em algumas sedes municipais.

De igual modo estão em construção 17 pontes.

De 20 de Outubro a 20 de Novembro de 2020 foram desembolsados 984 milhões 555 mil 773 Kwanzas, perfazendo um acumulado, em termos gerais, de sete mil milhões 271 milhões 920 mil 553 Kwanzas,  equivalente a 75 porcento de projectos já financiados.

Lançado em Junho de 2019 pelo Presidente da República, João Lourenço, o PIIM é implementado nos 164 municípios do país e conta com um financiamento equivalente em Kwanzas a dois mil milhões de dólares do Fundo Soberano de Angola.

Durante a sua jornada, o governante visitou a escola de formação de técnicos de saúde, quadras polidesportivas da centralidade Horizonte do Cuito e do bairro Caluco, edifício da Televisão Pública de Angola (TPA), academia de música, ponte sobre o rio Cangalo e o seminário menor do Cuito.

Pereira Alfredo constatou ainda as obras de reabilitação do Hospital provincial, reabilitação e ampliação do edifício do Governo, ponte sobre o rio Camalaya, requalificação do cemitério monumento, hospital municipal do Cuito, situado na comuna do Cunje, assim como a estrada que liga Cuito à comuna do Trumba.

Nestas empreitadas, que tiveram início o ano passado, algumas delas verifica-se um atraso em termos de execução física, sobretudo na quadra da centralidade, onde Pereira Alfredo deu mais trinta dias ao empreiteiro para a retomada das obras, sob risco de rompimento do contrato.

Em toda província do Bié, estão em curso 133 projectos, dos 185 inscritos nesta região do centro do país, o que corresponde a 70 porcento de execução física e financeira. Essas empreitadas têm prazo para terminar ainda este ano.  

No sector da educação estão em construção 450 salas de aula, enquanto na saúde estão em construção, reabilitação, ampliação e apetrechamento 11 unidades sanitárias, que se traduzirá num incremento de mais 500 camas, a partir do próximo ano.

Estão ainda em curso a terraplanagem da malha rodoviária de cerca de 800 quilómetros, assim como prevê-se o lançamento de asfaltagem de cerca de outros 100 quilómetros, em algumas sedes municipais.

De igual modo estão em construção 17 pontes.

De 20 de Outubro a 20 de Novembro de 2020 foram desembolsados 984 milhões 555 mil 773 Kwanzas, perfazendo um acumulado, em termos gerais, de sete mil milhões 271 milhões 920 mil 553 Kwanzas,  equivalente a 75 porcento de projectos já financiados.

Lançado em Junho de 2019 pelo Presidente da República, João Lourenço, o PIIM é implementado nos 164 municípios do país e conta com um financiamento equivalente em Kwanzas a dois mil milhões de dólares do Fundo Soberano de Angola.