Governador de Benguela constata funcionamento da comunicação social

  • Benguela: Governador Luís Nunes (ao centro) visita as instalações da delegação da ANGOP
Benguela – O governador de Benguela, Luís Nunes, inteirou-se, esta quarta-feira, do funcionamento dos órgãos de comunicação social, públicos e privados, instalados na província.

Luís Nunes visitou o centro de produção da Rádio Catumbela e, no município do Lobito, visitou as instalações da Rádio Mais e da Emissora Regional da Rádio Nacional de Angola (RNA).

No município de Benguela, o governador visitou as instalações da Agência Angola Press (Angop), onde o delegado Carlos Benedito deu explicações sobre como está constituída a delegação, realidade actual, funcionamento da redacção e da área técnica.

O sistema de recolha, tratamento e publicação de notícias no portal da Angop, também foi aflorado, tendo Luís Nunes ficado impressionado com o equipamento e tecnologia usada na difusão das informações no país e no mundo.

A emissora provincial da RNA, a TV Zimbo, a Televisão Pública de Angola (TPA) e Rádio Ecclésia foram igualmente radiografadas, com dificuldades que não diferem dos restantes órgãos, sendo as mais gritantes a falta de meios de trabalho, como câmeras de filmar, computadores de mesa e portatéis, gravadores e meios de transporte.

A directora do Gabinete de Comunicação Social do Governo de Benguela, Irma Mendes, deu a conhecer que as dificuldades da classe estão identificadas e alguns problemas serão resolvidos, com a aquisição de algum equipamento, como câmeras de filmar e computadores, a serem entregues, nos próximos dias.

Assegurou que a entrega dos equipamentos vai facilitar o trabalho dos repórteres e tornar mais célere a divulgação das notícias.

A última visita de um governador de Benguela aos órgãos de comunicação social sedeados na província aconteceu em 2008, realizada pelo general Armando da Cruz Neto, que governou a província até 2013.

Luís Nunes visitou o centro de produção da Rádio Catumbela e, no município do Lobito, visitou as instalações da Rádio Mais e da Emissora Regional da Rádio Nacional de Angola (RNA).

No município de Benguela, o governador visitou as instalações da Agência Angola Press (Angop), onde o delegado Carlos Benedito deu explicações sobre como está constituída a delegação, realidade actual, funcionamento da redacção e da área técnica.

O sistema de recolha, tratamento e publicação de notícias no portal da Angop, também foi aflorado, tendo Luís Nunes ficado impressionado com o equipamento e tecnologia usada na difusão das informações no país e no mundo.

A emissora provincial da RNA, a TV Zimbo, a Televisão Pública de Angola (TPA) e Rádio Ecclésia foram igualmente radiografadas, com dificuldades que não diferem dos restantes órgãos, sendo as mais gritantes a falta de meios de trabalho, como câmeras de filmar, computadores de mesa e portatéis, gravadores e meios de transporte.

A directora do Gabinete de Comunicação Social do Governo de Benguela, Irma Mendes, deu a conhecer que as dificuldades da classe estão identificadas e alguns problemas serão resolvidos, com a aquisição de algum equipamento, como câmeras de filmar e computadores, a serem entregues, nos próximos dias.

Assegurou que a entrega dos equipamentos vai facilitar o trabalho dos repórteres e tornar mais célere a divulgação das notícias.

A última visita de um governador de Benguela aos órgãos de comunicação social sedeados na província aconteceu em 2008, realizada pelo general Armando da Cruz Neto, que governou a província até 2013.