Governador quer melhoria nos transportes públicos

  • Entrada em circulação de novos autocarros públicos
Dundo – O governador da Lunda Norte, Ernesto Muangala, orientou, nesta terça-feira, a administração municipal do Chitato e o Gabinete Provincial dos Transportes e Mobilidade Urbana a criarem novas rotas na cidade do Dundo e paragens identificadas, para a melhoria dos serviços prestados pelas operadoras, sobretudo no período noturno.

Intervindo num encontro com as operadoras de transportes públicos no município de Chitato, Ernesto Muangala disse que a intenção é melhorar a circulação rodoviária no âmbito da aplicação das regras face à pandemia da Covid-19, para evitar aglomeração de cidadãos nas paragens de táxis e lotação completa dos autocarros.

A medida visa, igualmente, descongestionar o trânsito rodoviário concentrado numa única via e expandir por toda a cidade a circulação para permitir  maior fluidez na mobilidade.

Por outro lado, apelou as operadoras no sentido de cumprirem rigorosamente as medidas de biossegurança impostas pelo Estado, que permite apenas a lotação de 75 por cento da sua capacidade total e a obrigarem o uso de máscaras por parte dos utentes.

Apelou ao gabinete dos Transportes a fiscalizar, com rigor, o cumprimento das medidas e responsabilizar os incumpridores.

Onze autocarros prestam serviços no município de Chitato, capital da província da Lunda Norte.

Intervindo num encontro com as operadoras de transportes públicos no município de Chitato, Ernesto Muangala disse que a intenção é melhorar a circulação rodoviária no âmbito da aplicação das regras face à pandemia da Covid-19, para evitar aglomeração de cidadãos nas paragens de táxis e lotação completa dos autocarros.

A medida visa, igualmente, descongestionar o trânsito rodoviário concentrado numa única via e expandir por toda a cidade a circulação para permitir  maior fluidez na mobilidade.

Por outro lado, apelou as operadoras no sentido de cumprirem rigorosamente as medidas de biossegurança impostas pelo Estado, que permite apenas a lotação de 75 por cento da sua capacidade total e a obrigarem o uso de máscaras por parte dos utentes.

Apelou ao gabinete dos Transportes a fiscalizar, com rigor, o cumprimento das medidas e responsabilizar os incumpridores.

Onze autocarros prestam serviços no município de Chitato, capital da província da Lunda Norte.