Governadora do Huambo reafirma apoio a ANGOP

Huambo – A governadora da província do Huambo, Lotti Nolika, reafirmou, esta segunda-feira, a vontade do Governo local em continuar aprestar o apoio necessário à Agência Angola Press (ANGOP-E.P), com vista a garantir o seu melhor funcionamento.

Lotti Nolika reafirmou este compromisso durante a audiência que concedeu a administradora não Executiva da ANGOP, Leona Timóteo Capindissa Graneira, que cumpriu uma jornada de trabalho de três dias  nesta província, no quadro do processo de acompanhamento do funcionamento das delegações provinciais.

A governante considerou satisfatórias as relações existentes entre o Governo do Huambo e a Delegação da ANGOP, tendo, por isso, garantido que as autoridades da província vão continuar a prestar o seu apoio, no sentido de garantir o bom funcionamento da Agência nesta região do país.

“Não temos motivos de queixas com este órgão, estamos a caminhar bem e pensamos que devemos continuar neste caminho, ajudando no que for necessário e dentro das disponibilidades necessárias, apesar das dificuldades de ordem financeira”, referiu.

Já a administradora não Executiva, Leona Timóteo Capindissa Graneira, mostrou-se satisfeita com as boas relações, tendo agradecido o Governo da província pelo apoio que tem prestado a ANGOP.

A responsável espera pelo reforço das relações, tendo em conta os actuais e futuros desafios.

Conforme Leona Timóteo Capindissa Graneira, a ANGOP está a viver um momento de enormes desafios no âmbito do processo da sua modernização, cuja concretização carece do apoio das estruturas governamentais, quer a nível central, quer a nível provincial, na busca de soluções em termos de meios técnicos e materiais.

Acrescentou que esta situação junta-se aos desafios das próximas eleições gerais que apelam para um reforço das relações com as instituições governamentais para a resolução dos problemas dos órgãos de comunicação social, particularmente a ANGOP.

No cumprimento da sua jornada, Leona Timóteo Capindissa Graneira manteve encontro com os funcionários da Delegação da ANGOP no Huambo, que serviu para a transmissão das orientações do Conselho de Administração.

 

Lotti Nolika reafirmou este compromisso durante a audiência que concedeu a administradora não Executiva da ANGOP, Leona Timóteo Capindissa Graneira, que cumpriu uma jornada de trabalho de três dias  nesta província, no quadro do processo de acompanhamento do funcionamento das delegações provinciais.

A governante considerou satisfatórias as relações existentes entre o Governo do Huambo e a Delegação da ANGOP, tendo, por isso, garantido que as autoridades da província vão continuar a prestar o seu apoio, no sentido de garantir o bom funcionamento da Agência nesta região do país.

“Não temos motivos de queixas com este órgão, estamos a caminhar bem e pensamos que devemos continuar neste caminho, ajudando no que for necessário e dentro das disponibilidades necessárias, apesar das dificuldades de ordem financeira”, referiu.

Já a administradora não Executiva, Leona Timóteo Capindissa Graneira, mostrou-se satisfeita com as boas relações, tendo agradecido o Governo da província pelo apoio que tem prestado a ANGOP.

A responsável espera pelo reforço das relações, tendo em conta os actuais e futuros desafios.

Conforme Leona Timóteo Capindissa Graneira, a ANGOP está a viver um momento de enormes desafios no âmbito do processo da sua modernização, cuja concretização carece do apoio das estruturas governamentais, quer a nível central, quer a nível provincial, na busca de soluções em termos de meios técnicos e materiais.

Acrescentou que esta situação junta-se aos desafios das próximas eleições gerais que apelam para um reforço das relações com as instituições governamentais para a resolução dos problemas dos órgãos de comunicação social, particularmente a ANGOP.

No cumprimento da sua jornada, Leona Timóteo Capindissa Graneira manteve encontro com os funcionários da Delegação da ANGOP no Huambo, que serviu para a transmissão das orientações do Conselho de Administração.