Governadora de Luanda espera mais da Polícia

  • Joana Lina,  Governadora de Luanda
Luanda – A governadora provincial de Luanda, Joana Lina, disse segunda-feira esperar pelo aumento da operatividade dos comandos municipais da Polícia Nacional (PN), durante a quadra festiva.

Em declarações à imprensa, à margem da cerimónia de entrega de viaturas “Land Cruiser” para apoio aos delegados municipais do Ministério do Interior em Luanda, Joana Lina apelou à conservação dos meios, que “vão ser supervisionados”.

No acto, orientado pelo ministro do Interior, Eugênio Laborinho, foram também entregues meios operativos (duas motorizadas e o mesmo número de viaturas) à  esquadra da Boavista, no distrito urbano da Ingombota, inaugurada em Novembro do ano em curso.

Para o delegado municipal do Ministério do Interior e comandante da PN no Cazenga, superintendente-chefe, Joaquim José da Conceição, o os meios vão permitir maior dinâmica no trabalho e interacção com a comunidade, no sentido de se ultrapassar o problema da delinquência.

Por seu turno, o homólogo de Icolo e Bengo, superintendente-chefe Clemente Miguel Pontes, garantiu que muitas das preocupações dos munícipes que por vezes não eram atendidas por falta de transporte agora terão respostas.

O Ministério do Interior (MININT) prevê levar apoios do género a todas as províncias (18) do país.

 

Em declarações à imprensa, à margem da cerimónia de entrega de viaturas “Land Cruiser” para apoio aos delegados municipais do Ministério do Interior em Luanda, Joana Lina apelou à conservação dos meios, que “vão ser supervisionados”.

No acto, orientado pelo ministro do Interior, Eugênio Laborinho, foram também entregues meios operativos (duas motorizadas e o mesmo número de viaturas) à  esquadra da Boavista, no distrito urbano da Ingombota, inaugurada em Novembro do ano em curso.

Para o delegado municipal do Ministério do Interior e comandante da PN no Cazenga, superintendente-chefe, Joaquim José da Conceição, o os meios vão permitir maior dinâmica no trabalho e interacção com a comunidade, no sentido de se ultrapassar o problema da delinquência.

Por seu turno, o homólogo de Icolo e Bengo, superintendente-chefe Clemente Miguel Pontes, garantiu que muitas das preocupações dos munícipes que por vezes não eram atendidas por falta de transporte agora terão respostas.

O Ministério do Interior (MININT) prevê levar apoios do género a todas as províncias (18) do país.