Governo de Luanda homenageia profissionais da saúde

Luanda - A governadora provincial de Luanda, Joana Lina, exortou hoje, terça-feira, a classe médica e demais profissionais da saúde, a aprimorarem os seus conhecimentos e desta forma dar melhor resposta aos desafios cada vez maiores que se colocam ao sector.

Numa homenagem alusiva ao Dia do Médico angolano, que hoje se assinala, Joana Lina incentivou à formação e superação técnica e ética, convindo melhorar a qualidade dos serviços prestados nas unidades hospitalares, tornando-os cada vez mais humanizados.

No acto, realizado no hospital geral de Luanda, a governadora provincial realçou o empenho dos profissionais da saúde em tempo de covid, indicando que os desafios que se colocam requerem uma resposta eficiente que passa, igualmente, pela melhoria das condições de trabalho, face a demanda populacional que se observa nos hospitais.

A governadora falou também da importância da redução das taxas de mortalidade materno-infantil, da malária, do Hiv, tuberculose, entre outras endemias.

Outrossim, admitiu que o impacto da crise económica mundial, adicionada a pandemia, contribuíram para que muitos projectos do sector fossem paralisados, adiantando, no entanto, que o Executivo continua a privilegiar a execução desses programas, mediante o aumento da taxa da saúde, por via do Orçamento Geral do Estado.

Os homenageados enalteceram a iniciativa do Governo Provincial de Luanda, do qual reconhecem o empenho e dedicação para mitigar a carência de material, no sentido do eficiente atendimento nas unidades hospitalares.

Para marcar a celebração do Dia do Médico angolano, um pouco por todo o país estão a ser realizadas diversas atividades, particularmente, homenagens aos médicos e demais técnicos que se destacaram ao longo do ano 2020, mediante entrega de diplomas de mérito.

Numa homenagem alusiva ao Dia do Médico angolano, que hoje se assinala, Joana Lina incentivou à formação e superação técnica e ética, convindo melhorar a qualidade dos serviços prestados nas unidades hospitalares, tornando-os cada vez mais humanizados.

No acto, realizado no hospital geral de Luanda, a governadora provincial realçou o empenho dos profissionais da saúde em tempo de covid, indicando que os desafios que se colocam requerem uma resposta eficiente que passa, igualmente, pela melhoria das condições de trabalho, face a demanda populacional que se observa nos hospitais.

A governadora falou também da importância da redução das taxas de mortalidade materno-infantil, da malária, do Hiv, tuberculose, entre outras endemias.

Outrossim, admitiu que o impacto da crise económica mundial, adicionada a pandemia, contribuíram para que muitos projectos do sector fossem paralisados, adiantando, no entanto, que o Executivo continua a privilegiar a execução desses programas, mediante o aumento da taxa da saúde, por via do Orçamento Geral do Estado.

Os homenageados enalteceram a iniciativa do Governo Provincial de Luanda, do qual reconhecem o empenho e dedicação para mitigar a carência de material, no sentido do eficiente atendimento nas unidades hospitalares.

Para marcar a celebração do Dia do Médico angolano, um pouco por todo o país estão a ser realizadas diversas atividades, particularmente, homenagens aos médicos e demais técnicos que se destacaram ao longo do ano 2020, mediante entrega de diplomas de mérito.