Angola e Japão abordam desminagem

  • Sapador angolano em actividade
Luanda - A Comissão Executiva de Desminagem (CED) e a Embaixada do Japão analisaram, sexta-feira, o cronograma de fornecimento de equipamentos para Angola.

Segundo se apurou, o apoio japonês visa garantir a segurança no transporte de pessoas e bens, assim como transformar áreas antes minadas em terras cultiváveis, para o desenvolvimento da agricultura.

O director-geral adjunto para a Área Técnica do CED, Loneque Diu, enalteceu o gesto do governo japonês, ao financiar a compra de peças de reposição, para manter a longevidade dos equipamentos.

Por seu turno, a representante da Embaixada do Japão em Angola, Yuko Komori, disse que o grupo técnico angolano será capacitado, para melhor manuseamento dos equipamentos.

Em Janeiro do corrente ano, o Governo japonês concedeu um financiamento de dois milhões de dolares a Angola, para a implementação do Programa de Desenvolvimento Económico e Social do sector da desminagem.

O Japão está envolvido em mais de 70 projectos em Angola, nos sectores da desminagem, agricultura, saúde e educação.

Segundo se apurou, o apoio japonês visa garantir a segurança no transporte de pessoas e bens, assim como transformar áreas antes minadas em terras cultiváveis, para o desenvolvimento da agricultura.

O director-geral adjunto para a Área Técnica do CED, Loneque Diu, enalteceu o gesto do governo japonês, ao financiar a compra de peças de reposição, para manter a longevidade dos equipamentos.

Por seu turno, a representante da Embaixada do Japão em Angola, Yuko Komori, disse que o grupo técnico angolano será capacitado, para melhor manuseamento dos equipamentos.

Em Janeiro do corrente ano, o Governo japonês concedeu um financiamento de dois milhões de dolares a Angola, para a implementação do Programa de Desenvolvimento Económico e Social do sector da desminagem.

O Japão está envolvido em mais de 70 projectos em Angola, nos sectores da desminagem, agricultura, saúde e educação.