Habitantes das aldeias de Mumbué necessitam de apoios

Chitembo - Mais de dois mil habitantes das aldeias de Chicava, Mitchia, Capunda, Ndjimbo e Chitende, na comuna do Mumbué, município do Chitembo, na província do Bié, carecem de apoios diversos, para mitigar a fome, resultado da estiagem que assolou essa circunscrição.

As aldeias de Chicava, Mitchia, Capunda estão situadas na nascente do rio Cusseque, enquanto a Ndjimbo e Chitende na margem do Rio Cuelei. Sobrevivem da pesca e produção do mel.

Quase que isoladas da sede do município do Chitembo, devido ao estado degradado das vias de acesso, as populações para chegarem nas referidas localidades, de viatura, contornam na província do Cuando Cubango, isto é a 43 quilómetros a Norte da cidade de Menongue.

Com vista a atenuar o sofrimento da população, o comité municipal do MPLA no Chitembo solidarizou-se com a entrega de diversos bens, tais como farinha de milho, sal, sabão, arroz, roupa usada, agasalho entre outros.

A primeira secretária do MPLA no Chitembo, Ana Mucuachala Florinda, na ocasião, apelou à calma, realçando que o Governo, através do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) e de Combate à Pobreza, aposta na construção e reabilitação de infra-estruturas socioeconómicas.

Ainda no âmbito do PIIM, o município do Chitembo vai ganhar, este ano, a expansão do sistema de distribuição de água, asfaltagem de 10 quilómetros das ruas que interligam a sede municipal e outros.

O município do Chitembo situa-se a 150 quilómetros a sul do Cuito e tem uma população estimada em 91 mil habitantes, maioritariamente que se dedica à agricultura e caça.

As aldeias de Chicava, Mitchia, Capunda estão situadas na nascente do rio Cusseque, enquanto a Ndjimbo e Chitende na margem do Rio Cuelei. Sobrevivem da pesca e produção do mel.

Quase que isoladas da sede do município do Chitembo, devido ao estado degradado das vias de acesso, as populações para chegarem nas referidas localidades, de viatura, contornam na província do Cuando Cubango, isto é a 43 quilómetros a Norte da cidade de Menongue.

Com vista a atenuar o sofrimento da população, o comité municipal do MPLA no Chitembo solidarizou-se com a entrega de diversos bens, tais como farinha de milho, sal, sabão, arroz, roupa usada, agasalho entre outros.

A primeira secretária do MPLA no Chitembo, Ana Mucuachala Florinda, na ocasião, apelou à calma, realçando que o Governo, através do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) e de Combate à Pobreza, aposta na construção e reabilitação de infra-estruturas socioeconómicas.

Ainda no âmbito do PIIM, o município do Chitembo vai ganhar, este ano, a expansão do sistema de distribuição de água, asfaltagem de 10 quilómetros das ruas que interligam a sede municipal e outros.

O município do Chitembo situa-se a 150 quilómetros a sul do Cuito e tem uma população estimada em 91 mil habitantes, maioritariamente que se dedica à agricultura e caça.