Habitantes de Cangola sem água potável

 Uíge – Sete mil e 500 habitantes das comunas de Caiongo e do Bengo, no município de Cangola, província do Uíge, estão privados do abastecimento de água potável devido a uma avaria na motobomba do sistema de captação e distribuição de água das duas localidades.

Em declarações à Angop, nesta quarta-feira,  o administrador municipal de Cangola, Cogi Zua, informou que estão, igualmente, paralisadas as obras de construção de três sistemas de água nas aldeias de Marinda, Tango e Wemita, devido a falta de disponibilidade financeira.

Sem precisar o valor necessário para a reparação dessa avaria técnica, o responsável considera ser urgente, devido às consequências do consumo de água imprópria.

“A população faz recurso ao consumo de água imprópria retirada dos  poços e  reservatórios, uma situação que tem causado muitas doenças aos habitantes locais”, disse.

Explicou, por outro lado, que  em 2020 não foi possível a recuperação dos sistemas de abastecimento de água potável devido à falta de disponibilidade financeira para a conclusão dessas infra-estruturas enquadradas no Programa de Combate à Fome e à Pobreza.

A  recuperação dos sistemas de abastecimento de água e a retomada das obras dos projectos paralisados constar das prioridades das acções do município de Cangola, para o corrente ano.

Com uma população estimada em mais de 64 mil e 22 habitantes, maioritariamente camponesa, o município de Cangola está localizado a 182 quilómetros da cidade do Uíge.

Em declarações à Angop, nesta quarta-feira,  o administrador municipal de Cangola, Cogi Zua, informou que estão, igualmente, paralisadas as obras de construção de três sistemas de água nas aldeias de Marinda, Tango e Wemita, devido a falta de disponibilidade financeira.

Sem precisar o valor necessário para a reparação dessa avaria técnica, o responsável considera ser urgente, devido às consequências do consumo de água imprópria.

“A população faz recurso ao consumo de água imprópria retirada dos  poços e  reservatórios, uma situação que tem causado muitas doenças aos habitantes locais”, disse.

Explicou, por outro lado, que  em 2020 não foi possível a recuperação dos sistemas de abastecimento de água potável devido à falta de disponibilidade financeira para a conclusão dessas infra-estruturas enquadradas no Programa de Combate à Fome e à Pobreza.

A  recuperação dos sistemas de abastecimento de água e a retomada das obras dos projectos paralisados constar das prioridades das acções do município de Cangola, para o corrente ano.

Com uma população estimada em mais de 64 mil e 22 habitantes, maioritariamente camponesa, o município de Cangola está localizado a 182 quilómetros da cidade do Uíge.