Luena com novas rotas de transportes públicos

  • Moxico: Vista aérea de algumas artéria da cidade do Luena
Luena – Novas rotas e definição de paragens de transportes públicos começaram a ser implementadas hoje, sábado, na cidade do Luena, província do Moxico, com vista a facilitar a mobilidade automóvel e dos transeuntes.

As referidas acções estão a ser implementadas pela administração municipal do Moxico, no quadro do Plano de Revitalização em curso, que define as principais políticas públicas para o desenvolvimento da região, aprovado recentemente.

Entre as novas rotas definidas, que vão entrar em acção de forma gradual, destaca-se as linhas que vão ligar o centro da cidade com a aldeia agrícola de Sacassagem, que dista 15 quilómetros a sul do Luena, bem como com o bairro Km5, a norte do Luena, partindo da rotunda da administração municipal.

No centro da cidade foi implementada a rota que parte do cine Luena, passando pela avenida 1º de Maio, até a vila Luso, enquanto as tradicionais rotas, que passam pela rua da escola Camarada Tchifuchi (conhecida por III nível), bairro Mandembue, até à Vila Luso vão manter, mas contando agora com dois sentidos.

Em declarações à Imprensa, o administrador municipal do Moxico, Quintas Sempieca, disse que o objectivo é o de permitir maior segurança na mobilidade dos munícipes e alargar a possibilidade da circulação em diversos pontos da região.

Ainda neste quadro, disse que a administração municipal, juntos com os operadores de transportes públicos, reduziram o preço do bilhete de passagem entre o centro da cidade com a aldeia de Sacassanje, de 500 para 300 kwanzas, para corresponder às expectativas da população, principalmente dos estudantes, face à fraca capacidade financeira.

Para além desta acção, administração municipal deu, também, início ao processo de colocação de tampas nas várias sarjetas a céu aberto existente nas ruas da cidade do Luena. 

Recentemente foi aprovado, pelos membros do Conselho de Auscultação às Comunidades, o plano de Revitalização do Município do Moxico (PREMU), com um financiamento de 640 milhões de kwanzas, suportado pelo Programa de Combate à Pobreza, de Investimentos Públicos (PIP) e por via de parcerias público-privada.

Entre as acções, prevê-se a semaforização das principais vias da cidade do Luena, com vista a reduzir o índice de acidentes, e trabalhos de tapa-buracos.

Os trabalhos incidirão, também, na recuperação de mais de 40 chafarizes vandalizados, expansão de iluminação pública na periferia, melhoria das condições de higiene dos mercados da região e fomento da actividade agrícola

As referidas acções estão a ser implementadas pela administração municipal do Moxico, no quadro do Plano de Revitalização em curso, que define as principais políticas públicas para o desenvolvimento da região, aprovado recentemente.

Entre as novas rotas definidas, que vão entrar em acção de forma gradual, destaca-se as linhas que vão ligar o centro da cidade com a aldeia agrícola de Sacassagem, que dista 15 quilómetros a sul do Luena, bem como com o bairro Km5, a norte do Luena, partindo da rotunda da administração municipal.

No centro da cidade foi implementada a rota que parte do cine Luena, passando pela avenida 1º de Maio, até a vila Luso, enquanto as tradicionais rotas, que passam pela rua da escola Camarada Tchifuchi (conhecida por III nível), bairro Mandembue, até à Vila Luso vão manter, mas contando agora com dois sentidos.

Em declarações à Imprensa, o administrador municipal do Moxico, Quintas Sempieca, disse que o objectivo é o de permitir maior segurança na mobilidade dos munícipes e alargar a possibilidade da circulação em diversos pontos da região.

Ainda neste quadro, disse que a administração municipal, juntos com os operadores de transportes públicos, reduziram o preço do bilhete de passagem entre o centro da cidade com a aldeia de Sacassanje, de 500 para 300 kwanzas, para corresponder às expectativas da população, principalmente dos estudantes, face à fraca capacidade financeira.

Para além desta acção, administração municipal deu, também, início ao processo de colocação de tampas nas várias sarjetas a céu aberto existente nas ruas da cidade do Luena. 

Recentemente foi aprovado, pelos membros do Conselho de Auscultação às Comunidades, o plano de Revitalização do Município do Moxico (PREMU), com um financiamento de 640 milhões de kwanzas, suportado pelo Programa de Combate à Pobreza, de Investimentos Públicos (PIP) e por via de parcerias público-privada.

Entre as acções, prevê-se a semaforização das principais vias da cidade do Luena, com vista a reduzir o índice de acidentes, e trabalhos de tapa-buracos.

Os trabalhos incidirão, também, na recuperação de mais de 40 chafarizes vandalizados, expansão de iluminação pública na periferia, melhoria das condições de higiene dos mercados da região e fomento da actividade agrícola