Lunda Norte com centro de reeducação de menores

  • Ernesto Muangala, governador da Lunda Norte
Lucapa - O governador da Lunda Norte, Ernesto Muangala, inaugurou, nesta segunda-feira, o primeiro centro de reeducação de menores em conflitos com a Lei, no município de Lucapa.

Construído no âmbito da linda de financiamento "Eurobond's", a infraestrutura, que custou 76 milhões e 800 mil Kwanzas, comporta duas alas para internar oito crianças e/ou adolescentes e prestará assistência psicológica aos menores com traumas, entre outros serviços.

Na ocasião,  o governador da Lunda Norte,  Ernesto Muangala, disse que a construção da infraestrutura enquadra-se no programa local de apoio às crianças que carecem de acompanhamento de especialistas, sobretudo adolescentes, e retirá-las da delinquência.

Disse que o centro representa um passo importante na implementação dos 11 compromissos da criança e deverá assistir crianças de todos os estratos sociais.

Apelou aos técnicos que vão assegurar o funcionamento da instituição a prestarem serviço humanizado e de qualidade, tratando as crianças com dignidade e responsabilidade.

Exortou a comunidade a preservar a infraestrutura, colaborando com os órgãos de defesa e segurança para se evitar qualquer tentativa de vandalismo.

Outros projectos

Para além deste centro, o governo da Lunda Norte está a construir mais três nos municípios de Chitato, Cuango e Cuilo e prevê, ainda este ano, a reabilitação do antigo hotel do Chitato, para transformá-lo em centro de acolhimento de crianças de rua.

Enquanto isso, algumas crianças de rua foram albergadas no internato da Escola do Magistério Primário "11 de Novembro".

Ainda no Chitato, está em construção um outro centro de reeducação de menores, no âmbito da linha de financiamento dos Eurobond's.

Um Lar para albergar 60 pessoas da 3ª Idade está igualmente em fase de conclusão nomesmo município, com inauguração prevista para este ano.

Construído no âmbito da linda de financiamento "Eurobond's", a infraestrutura, que custou 76 milhões e 800 mil Kwanzas, comporta duas alas para internar oito crianças e/ou adolescentes e prestará assistência psicológica aos menores com traumas, entre outros serviços.

Na ocasião,  o governador da Lunda Norte,  Ernesto Muangala, disse que a construção da infraestrutura enquadra-se no programa local de apoio às crianças que carecem de acompanhamento de especialistas, sobretudo adolescentes, e retirá-las da delinquência.

Disse que o centro representa um passo importante na implementação dos 11 compromissos da criança e deverá assistir crianças de todos os estratos sociais.

Apelou aos técnicos que vão assegurar o funcionamento da instituição a prestarem serviço humanizado e de qualidade, tratando as crianças com dignidade e responsabilidade.

Exortou a comunidade a preservar a infraestrutura, colaborando com os órgãos de defesa e segurança para se evitar qualquer tentativa de vandalismo.

Outros projectos

Para além deste centro, o governo da Lunda Norte está a construir mais três nos municípios de Chitato, Cuango e Cuilo e prevê, ainda este ano, a reabilitação do antigo hotel do Chitato, para transformá-lo em centro de acolhimento de crianças de rua.

Enquanto isso, algumas crianças de rua foram albergadas no internato da Escola do Magistério Primário "11 de Novembro".

Ainda no Chitato, está em construção um outro centro de reeducação de menores, no âmbito da linha de financiamento dos Eurobond's.

Um Lar para albergar 60 pessoas da 3ª Idade está igualmente em fase de conclusão nomesmo município, com inauguração prevista para este ano.