Malanje ganha Centro de Acção Social Integrado

  • Crianças desfavorecidas em Malanje  beneficiam de sopa solidária
Malanje - Um Centro de Acção Social Integrado (CASI), voltado ao cadastramento e prestação de serviços à pessoas vulneráveis, foi inaugurado hoje, quinta-feira, no município de Malanje, no âmbito do Programa Integrado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza.

A ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Faustina Alves, que procedeu a inauguração do centro, referiu que o CASI vai prestar serviços integrados de atendimento e acompanhamento às famílias e comunidades em situações de vulnerabilidade, inclusão social e resolução de problemas.

Adiantou que o centro pretende, igualmente, dar resposta às preocupações dos munícipes, sobretudo para os assuntos ligados à violência doméstica, registo de nascimento, aquisição de bilhete de identidade, entre outros aspectos voltados ao atendimento ao cidadão carenciado.

Por sua vez, o vice-governador de Malanje para o sector Político, Económico e Social, Domingos Eduardo, sublinhou que o CASI  vai facilitar o acesso dos cidadãos aos serviços sociais, tendo adiantando estar também na forja a construção de outros centros nos municípios de Luquembo, Quirima e Cambundi-Catembo.

O Centro de Acção Social Integrado (CASI) foi já construído no Cuanza Sul, Bengo, Cuanza Norte, Uíge, Cabinda e Luanda, prevendo-se estender faseadamente pelas 18 províncias do país.

 

 

 

A ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Faustina Alves, que procedeu a inauguração do centro, referiu que o CASI vai prestar serviços integrados de atendimento e acompanhamento às famílias e comunidades em situações de vulnerabilidade, inclusão social e resolução de problemas.

Adiantou que o centro pretende, igualmente, dar resposta às preocupações dos munícipes, sobretudo para os assuntos ligados à violência doméstica, registo de nascimento, aquisição de bilhete de identidade, entre outros aspectos voltados ao atendimento ao cidadão carenciado.

Por sua vez, o vice-governador de Malanje para o sector Político, Económico e Social, Domingos Eduardo, sublinhou que o CASI  vai facilitar o acesso dos cidadãos aos serviços sociais, tendo adiantando estar também na forja a construção de outros centros nos municípios de Luquembo, Quirima e Cambundi-Catembo.

O Centro de Acção Social Integrado (CASI) foi já construído no Cuanza Sul, Bengo, Cuanza Norte, Uíge, Cabinda e Luanda, prevendo-se estender faseadamente pelas 18 províncias do país.