Malanje: PN reitera disciplina e patriotismo no seio dos efectivos

  • Efectivos da Polícia Nacional
Malanje-O segundo comandante provincial da Polícia Nacional em Malanje, subcomissário Celso Binda, apelou hoje, quinta-feira, aos efectivos da corporação no sentido de primarem pela disciplina e sentido patriótico, para que desempenhem as suas funções com compromisso e responsabilidade.

Essa conduta, realçou, deve estar acompanhada de dinâmica, eficiência e educação moral e cívica, aspectos que norteiam o funcionamento da Polícia Nacional e constituem virtudes militares.


O oficial fez esse apelo no acto de encerramento do III seminário metodológico de capacitação dos especialistas de educação patriótica dos órgãos operativos da Delegação Provincial do Interior, tendo destacado a necessidade de participação dos efectivos na defesa dos interesses da nação e da integridade dos cidadãos.

“Os educadores patrióticos devem estar comprometidos com a pátria e promover virtudes militares, para o reforço do patriotismo, factores que vão permitir a coesão no seio dos efectivos e melhorar cada vez mais as relações com os cidadãos”, rematou.

Por outro lado, Celso Binda apelou aos educadores patrióticos da polícia nacional no sentido de continuarem com a sensibilização dos colegas e não só para adesão a vacinação e contínuo cumprimento das medidas de prevenção da Covid-19.

Decorrido sob o lema “Aperfeiçoar Técnicas para Dinamizar a Actividade Patriótica no MININT em Malanje”, o seminário teve duração de 45 dias, com participação de 59 efectivos dos órgãos do Interior na província e visou incutir o espírito patriótico e dinâmico da actividade castrense nos efectivos.


Nele foram abordadas matérias relacionadas com a psicologia policial, reacções inter-pessoais, acção psicológica, práticas de relações públicas, comando e liderança, psicologias das multidões, técnicas de comunicação sociológica na actuação policial, entre outras.

 

 

Essa conduta, realçou, deve estar acompanhada de dinâmica, eficiência e educação moral e cívica, aspectos que norteiam o funcionamento da Polícia Nacional e constituem virtudes militares.


O oficial fez esse apelo no acto de encerramento do III seminário metodológico de capacitação dos especialistas de educação patriótica dos órgãos operativos da Delegação Provincial do Interior, tendo destacado a necessidade de participação dos efectivos na defesa dos interesses da nação e da integridade dos cidadãos.

“Os educadores patrióticos devem estar comprometidos com a pátria e promover virtudes militares, para o reforço do patriotismo, factores que vão permitir a coesão no seio dos efectivos e melhorar cada vez mais as relações com os cidadãos”, rematou.

Por outro lado, Celso Binda apelou aos educadores patrióticos da polícia nacional no sentido de continuarem com a sensibilização dos colegas e não só para adesão a vacinação e contínuo cumprimento das medidas de prevenção da Covid-19.

Decorrido sob o lema “Aperfeiçoar Técnicas para Dinamizar a Actividade Patriótica no MININT em Malanje”, o seminário teve duração de 45 dias, com participação de 59 efectivos dos órgãos do Interior na província e visou incutir o espírito patriótico e dinâmico da actividade castrense nos efectivos.


Nele foram abordadas matérias relacionadas com a psicologia policial, reacções inter-pessoais, acção psicológica, práticas de relações públicas, comando e liderança, psicologias das multidões, técnicas de comunicação sociológica na actuação policial, entre outras.