SIC apresenta suposto co-autor de duplo homicídio

Mbanza Kongo- Um jovem de 18 anos de idade foi apresentado, esta quarta-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, como suposto autor de dois homicídios qualificados ocorridos nos últimos quatro dias, nesta localidade

De acordo com a porta-voz da direcção provincial do Serviço de Investigação Criminal (SIC), Suzana Sebastião, as vítimas foram jovens de 27 e 17 anos de idade.

O crime ocorreu a 18 do mês em curso, no bairro 11 de Novembro, quando um grupo de três indivíduos, incluindo o detido, interpelou a primeira vítima na via pública a quem terão desferido golpes de faca na região torácica, provocando-lhe morte imediata.

Já em fuga após o homicídio, segundo ainda a fonte, os supostos marginais cruzaram-se com outro jovem de 17 anos de idade, atingindo-lhe  com uma facada na região de omoplata por se ter negado entregar os seus haveres (chinelos).

Esta segunda vítima foi ainda socorrida e transportada para o hospital provincial do Zaire onde faleceu horas depois.

Dos três integrantes do grupo dos supostos marginais, apenas foi capturado um, que se encontra já sob a égide do Ministério Público para os devidos procedimentos legais.

Informou que diligências investigativas estão em curso para a captura dos restantes dois.

Os outros três cidadãos adultos, um dos quais da República Democrática do Congo (RDC), que se dedicavam a remoção e furto de sarjetas e tampas de esgotos do sistema de saneamento básico da cidade de Mbanza Kongo, também foram apresentados pelo SIC no Zaire.

Conforme a porta-voz, armazenavam o material ferroso em locais de sucatas, para posterior comercialização na RDC.

 

 

De acordo com a porta-voz da direcção provincial do Serviço de Investigação Criminal (SIC), Suzana Sebastião, as vítimas foram jovens de 27 e 17 anos de idade.

O crime ocorreu a 18 do mês em curso, no bairro 11 de Novembro, quando um grupo de três indivíduos, incluindo o detido, interpelou a primeira vítima na via pública a quem terão desferido golpes de faca na região torácica, provocando-lhe morte imediata.

Já em fuga após o homicídio, segundo ainda a fonte, os supostos marginais cruzaram-se com outro jovem de 17 anos de idade, atingindo-lhe  com uma facada na região de omoplata por se ter negado entregar os seus haveres (chinelos).

Esta segunda vítima foi ainda socorrida e transportada para o hospital provincial do Zaire onde faleceu horas depois.

Dos três integrantes do grupo dos supostos marginais, apenas foi capturado um, que se encontra já sob a égide do Ministério Público para os devidos procedimentos legais.

Informou que diligências investigativas estão em curso para a captura dos restantes dois.

Os outros três cidadãos adultos, um dos quais da República Democrática do Congo (RDC), que se dedicavam a remoção e furto de sarjetas e tampas de esgotos do sistema de saneamento básico da cidade de Mbanza Kongo, também foram apresentados pelo SIC no Zaire.

Conforme a porta-voz, armazenavam o material ferroso em locais de sucatas, para posterior comercialização na RDC.