MINTTICS reitera apoio às empresas publicitárias

  • Assinatura de protocolo entre Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social e Arena Eventos
Luanda – O secretário de Estado da Comunicação Social, Nuno Caldas Albino, reiterou, esta sexta-feira, em Luanda, o apoio institucional às empresas do sector de publicidade, no sentido de impulsionar, adaptar e adequar aos desafios actuais.

Falando à margem da cerimónia de assinatura do protocolo entre o Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social (MINTTICS) e a Eventos Arena, para a realização da 1ª edição da Feira Nacional de Publicidade e Marketing, ressaltou que o apoio passa pela comparticipação no processo de formação de quadros das respectivas empresas.

Nuno Caldas Albino reconheceu que o sector está a crescer e outros vectores, acções e medidas políticas, sobretudo legislativas, devem ter lugar para assegurar uma auto-regulação do mercado de forma gradual, para que a participação das empresas privadas seja mais efectiva.

"Manifesto, enquanto departamento ministerial, todo apoio institucional e a consagração de todas as acções e estratégias que visam garantir e assegurar a elevação e o sucesso desta importante indústria", sublinhou.

Em relação ao protocolo, que foi rubricado pelo director nacional de Publicidade do MINTTICS, José Mututa Cuato, e pelo Presidente do Conselho de Administração da Arena Eventos, Bruno Albernaz, visa a realização de 1 a 4 de Dezembro, deste ano, da 1ª edição da Feira Nacional de Publicidade e Marketing

O evento, que terá um investimento de 150 milhões de Kwanzas, por parte da Eventos Arena, tem como objectivo auxiliar as vendas de serviços, estimular a expansão das actividades comerciais, conhecer novas tendências e segmentos, promover acordos e alianças estratégicas entre empresas do sector de publicidade e empresas que directa ou indirectamente intervêm no mercado publicitário.

Diversificar e expandir canais de comercialização, avaliar a competitividade das empresas, realizar lançamento de produtos e serviços, inovar as estratégias de comunicação e publicidade das empresas, constam, igualmente, dos objectivos do evento.

Enquadrado no âmbito das festividades do dia Mundial da Publicidade, que se comemora a 4 de Dezembro, a actividade visa, igualmente, dar primazia aos jovens empresários com descontos para os participantes de fora de Luanda, para ajudar na diversificação da economia.

A decorrer na Marginal de Luanda, numa previsão inicial de uma área útil de sete mil metros quadrados para 220 expositores no interior e no exterior.

Para tal foram criadas cinco formas de participação como um patrocínio, media partner, expositor, restauração e uma área destinada a cultura.

Falando à margem da cerimónia de assinatura do protocolo entre o Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social (MINTTICS) e a Eventos Arena, para a realização da 1ª edição da Feira Nacional de Publicidade e Marketing, ressaltou que o apoio passa pela comparticipação no processo de formação de quadros das respectivas empresas.

Nuno Caldas Albino reconheceu que o sector está a crescer e outros vectores, acções e medidas políticas, sobretudo legislativas, devem ter lugar para assegurar uma auto-regulação do mercado de forma gradual, para que a participação das empresas privadas seja mais efectiva.

"Manifesto, enquanto departamento ministerial, todo apoio institucional e a consagração de todas as acções e estratégias que visam garantir e assegurar a elevação e o sucesso desta importante indústria", sublinhou.

Em relação ao protocolo, que foi rubricado pelo director nacional de Publicidade do MINTTICS, José Mututa Cuato, e pelo Presidente do Conselho de Administração da Arena Eventos, Bruno Albernaz, visa a realização de 1 a 4 de Dezembro, deste ano, da 1ª edição da Feira Nacional de Publicidade e Marketing

O evento, que terá um investimento de 150 milhões de Kwanzas, por parte da Eventos Arena, tem como objectivo auxiliar as vendas de serviços, estimular a expansão das actividades comerciais, conhecer novas tendências e segmentos, promover acordos e alianças estratégicas entre empresas do sector de publicidade e empresas que directa ou indirectamente intervêm no mercado publicitário.

Diversificar e expandir canais de comercialização, avaliar a competitividade das empresas, realizar lançamento de produtos e serviços, inovar as estratégias de comunicação e publicidade das empresas, constam, igualmente, dos objectivos do evento.

Enquadrado no âmbito das festividades do dia Mundial da Publicidade, que se comemora a 4 de Dezembro, a actividade visa, igualmente, dar primazia aos jovens empresários com descontos para os participantes de fora de Luanda, para ajudar na diversificação da economia.

A decorrer na Marginal de Luanda, numa previsão inicial de uma área útil de sete mil metros quadrados para 220 expositores no interior e no exterior.

Para tal foram criadas cinco formas de participação como um patrocínio, media partner, expositor, restauração e uma área destinada a cultura.