Moxico regista 13 ravinas em dois anos

  • Moxico: Ravina periga cidade do Luena
Luena – A província do Moxico registou um crescimento de 13  ravinas, num período de dois anos, contando, actualmente, com 34 erosões.

De acordo com dados apresentados pelo director do Gabinete província de Infra-estruturas e Serviços Técnicos, Honório Sacuparica, trata-se de dados preliminares, uma vez que o processo de catalogação está em curso.

Conforme o responsável, a ravina que mais preocupa as autoridades locais está localizada no bairro Aço, com mais de 10 metros de profundidade e seis de largura, encontrando-se a poucos metros de várias infra-estruturas sociais.

Além desta ravina, disse que outra preocupação prende-se com a do bairro Sangongo, que ameaça, igualmente, destruir o Caminho de Ferro de Benguela (CFB).

Reafirmou que a ravina do bairro Aço será intervencionada no decorrer do segundo semestre deste ano, por uma empresa vencedora do concurso promovido pelo Ministério das Obras Públicas e Ordenamento do Território.

Na mesma ocasião, vão ser, igualmente, intervencionadas as ravinas localizadas no bairro Kwenha, nas imediações das engenheiras e na captação do rio Lumeje, todas ao redor do Luena, no âmbito das obras do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), sob tutela do governo provincial.

De acordo com dados apresentados pelo director do Gabinete província de Infra-estruturas e Serviços Técnicos, Honório Sacuparica, trata-se de dados preliminares, uma vez que o processo de catalogação está em curso.

Conforme o responsável, a ravina que mais preocupa as autoridades locais está localizada no bairro Aço, com mais de 10 metros de profundidade e seis de largura, encontrando-se a poucos metros de várias infra-estruturas sociais.

Além desta ravina, disse que outra preocupação prende-se com a do bairro Sangongo, que ameaça, igualmente, destruir o Caminho de Ferro de Benguela (CFB).

Reafirmou que a ravina do bairro Aço será intervencionada no decorrer do segundo semestre deste ano, por uma empresa vencedora do concurso promovido pelo Ministério das Obras Públicas e Ordenamento do Território.

Na mesma ocasião, vão ser, igualmente, intervencionadas as ravinas localizadas no bairro Kwenha, nas imediações das engenheiras e na captação do rio Lumeje, todas ao redor do Luena, no âmbito das obras do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), sob tutela do governo provincial.