MPLA leva ajuda ao lar de idosos Ondjo Yetu

Benguela – Os idosos do lar da terceira idade Ondjo Yetu, localizado na província de Benguela, receberam hoje, sábado, uma doação de bens de primeira necessidade, uma oferta do Comité Provincial do partido MPLA.

Trata-se de bens alimentares como arroz, fuba de milho, açúcar, feijão, sabão azul, bem como detergentes e panelas.

Em declarações à ANGOP, o segundo secretário provincial do MPLA em Benguela, António Calianguila, disse que o seu partido tem no idoso uma prioridade, daí o acompanhamento regular.

“Não obstante as limitações impostas pela Covid-19, estamos aqui respeitando as medidas de segurança e transmitindo aos mais velhos uma mensagem de esperança em dias melhores”, disse.

Explicou que o idoso foi sempre prioridade nas políticas de governação do  MPLA, visando o seu conforto e longevidade.

“Trouxemos uma mensagem de solidariedade e algum apoio simbólico que achamos poder minimizar as dificuldades desses idosos, mas apelamos à sociedade, em geral, que ajude essa classe que um dia tudo fez para garantir o nosso bem-estar”, enfatizou.

Segundo a directora do lar de idosos, Maria Pimenta, o gesto do MPLA, independentemente da doação, representa um comprometimento com a situação dos idosos.

Exortou outras forças vivas da sociedade a seguir o mesmo exemplo, para mitigar as dificuldades desses cidadãos.

O lar Ondjo Yetu, localizado nos arredores da cidade de Benguela, controla 57 idosos.

Trata-se de bens alimentares como arroz, fuba de milho, açúcar, feijão, sabão azul, bem como detergentes e panelas.

Em declarações à ANGOP, o segundo secretário provincial do MPLA em Benguela, António Calianguila, disse que o seu partido tem no idoso uma prioridade, daí o acompanhamento regular.

“Não obstante as limitações impostas pela Covid-19, estamos aqui respeitando as medidas de segurança e transmitindo aos mais velhos uma mensagem de esperança em dias melhores”, disse.

Explicou que o idoso foi sempre prioridade nas políticas de governação do  MPLA, visando o seu conforto e longevidade.

“Trouxemos uma mensagem de solidariedade e algum apoio simbólico que achamos poder minimizar as dificuldades desses idosos, mas apelamos à sociedade, em geral, que ajude essa classe que um dia tudo fez para garantir o nosso bem-estar”, enfatizou.

Segundo a directora do lar de idosos, Maria Pimenta, o gesto do MPLA, independentemente da doação, representa um comprometimento com a situação dos idosos.

Exortou outras forças vivas da sociedade a seguir o mesmo exemplo, para mitigar as dificuldades desses cidadãos.

O lar Ondjo Yetu, localizado nos arredores da cidade de Benguela, controla 57 idosos.