Munícipes exemplares distinguidos nos 445 anos da cidade de Luanda

Luanda - A Comissão Administrativa da Cidade de Luanda (CACL) distinguiu, segunda-feira, os munícipes que, de forma singular e/ou colectiva, têm contribuído para o desenvolvimento da cidade, nas mais variadas vertentes.

Por ocasião dos 445 anos da fundação da cidade de Luanda, assinalados no mesmo dia (25), a CACL atribuiu o título de “Amigo da Cidade”, ao grupo de rebita Novatos da Ilha, a Associação Juvenil de Apoio aos Jovens Comunitários (JUCARENTE), aos Salesianos de Dom Bosco e a associação MOVANGOLA.

Uma cerimónia, realizada na zona verde do Alvalade, distrito urbano da Maianga, consistiu na outorga de certificados de mérito, igualmente com o referido título, ao Conselho Municipal da Juventude, a Brigada Jovem de Artistas Plásticos, a Junta Regional de Escuteiros de Luanda, as associações Calú e ACHAU, e as empresas WM e Mota Engil, entre outros parceiros sociais.

Em declarações à imprensa, a presidente da CACL, Maria Antónia Nelumba, apelou os munícipes a preservarem o património público, bem como denunciaram aqueles que destroem os bens comuns, construídos e reabilitados a muito custo, apontando, a título de exemplo, os postos de iluminação pública que têm sido vandalizados e os espaços verdes da cidade.

Na esteira da celebração do Dia da cidade de Luanda, a historiadora Rosa Cruz e Silva considerou que houve muita evolução na capital do país, defendendo a sua continuação, particularmente no domínio urbano, sem se perder de vista a história e a tradição da cidade fundada por Paulo Dias de Novais, em 1575.

A cidade de Luanda integra sete distritos urbanos, designadamente, Ingombota, Rangel, Samba, Sambizanga, Neves Bendinha, Ngola Kiluanje e Maianga.

Faz parte da província de Luanda, juntamente com os municípios do Kilamba Kiaxi, Belas, Talatona, Icolo e Bengo, Viana, Cazenga, Cacuaco e Quiçama.

Por ocasião dos 445 anos da fundação da cidade de Luanda, assinalados no mesmo dia (25), a CACL atribuiu o título de “Amigo da Cidade”, ao grupo de rebita Novatos da Ilha, a Associação Juvenil de Apoio aos Jovens Comunitários (JUCARENTE), aos Salesianos de Dom Bosco e a associação MOVANGOLA.

Uma cerimónia, realizada na zona verde do Alvalade, distrito urbano da Maianga, consistiu na outorga de certificados de mérito, igualmente com o referido título, ao Conselho Municipal da Juventude, a Brigada Jovem de Artistas Plásticos, a Junta Regional de Escuteiros de Luanda, as associações Calú e ACHAU, e as empresas WM e Mota Engil, entre outros parceiros sociais.

Em declarações à imprensa, a presidente da CACL, Maria Antónia Nelumba, apelou os munícipes a preservarem o património público, bem como denunciaram aqueles que destroem os bens comuns, construídos e reabilitados a muito custo, apontando, a título de exemplo, os postos de iluminação pública que têm sido vandalizados e os espaços verdes da cidade.

Na esteira da celebração do Dia da cidade de Luanda, a historiadora Rosa Cruz e Silva considerou que houve muita evolução na capital do país, defendendo a sua continuação, particularmente no domínio urbano, sem se perder de vista a história e a tradição da cidade fundada por Paulo Dias de Novais, em 1575.

A cidade de Luanda integra sete distritos urbanos, designadamente, Ingombota, Rangel, Samba, Sambizanga, Neves Bendinha, Ngola Kiluanje e Maianga.

Faz parte da província de Luanda, juntamente com os municípios do Kilamba Kiaxi, Belas, Talatona, Icolo e Bengo, Viana, Cazenga, Cacuaco e Quiçama.