Destacado papel das comissões de moradores na resolução dos problemas locais

  • Namibe: Delegado provincial da justiça e dos Direitos Humanos no Namibe, Wilson ilengalenga
Moçâmedes - O delegado provincial da Justiça e Direitos Humanos, Wilson Vilêngalenga, realçou este sábado, na região, o papel das comissões de moradores na resolução dos diversos problemas que afectam as comunidades.

Falando na abertura do seminário de capacitação dos administradores municipais e comunais, disse que as comissões de moradores devem traçar politicas que visam a busca de soluções para os problemas que são comuns  no seio das comunidades, em conjunto com as autoridades locais, sendo esta uma das principais formas da governações participativas.

“Hoje a governação participativa impõem aos órgãos da administração local uma maior abertura para ouvir e dialogar com os cidadãos  sempre que da sua actuação  venha a resultar medidas  tendente à satisfação das necessidades das comunidades”, disse.

Wilsom Vilêngalenga sublinhou que um  dos pressupostos facilitadores desta governação participativa, em que a administração governa com e para o cidadão, é a necessidade deste último estar organizado e possa ser devidamente localizado.

Daí que ganha relevância  o sistema de  registo e cadastro das comissões e conselhos de moradores, sendo que, para o êxito deste mecanismo, está a ser desenvolvida na região a presente acção formativa.

“Temos a plena convicção de que as administrações municipais facilmente e, de forma célere, poderão localizar e gerar o código de registo e verificar os actos  praticados pelas comissões  de moradores,  aferir o ano de registo de cada uma delas, bem como ter garantido  o endereço e os dados dos   responsável pelas comissões de moradores”, argumentou.

Na ocasião, o director do gabinete provincial dos Registos e Modernização Administrativa, Abelardo Lemba, ressaltou a importância do evento no quadro do Plano Estratégico de Revitalização das Comissões de Moradores, que conta com o apoio do Programa da Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Participaram do Seminário de Capacitação sobre o Sistema de Registo e Cadastro das Comissões e Conselho de Moradores, administradores municipais, comunais e seus adjuntos, responsáveis pelo acompanhamento das comissões de moradores,  directores municipais para os registos e modernização administrativas e diversos técnicos.

 

Falando na abertura do seminário de capacitação dos administradores municipais e comunais, disse que as comissões de moradores devem traçar politicas que visam a busca de soluções para os problemas que são comuns  no seio das comunidades, em conjunto com as autoridades locais, sendo esta uma das principais formas da governações participativas.

“Hoje a governação participativa impõem aos órgãos da administração local uma maior abertura para ouvir e dialogar com os cidadãos  sempre que da sua actuação  venha a resultar medidas  tendente à satisfação das necessidades das comunidades”, disse.

Wilsom Vilêngalenga sublinhou que um  dos pressupostos facilitadores desta governação participativa, em que a administração governa com e para o cidadão, é a necessidade deste último estar organizado e possa ser devidamente localizado.

Daí que ganha relevância  o sistema de  registo e cadastro das comissões e conselhos de moradores, sendo que, para o êxito deste mecanismo, está a ser desenvolvida na região a presente acção formativa.

“Temos a plena convicção de que as administrações municipais facilmente e, de forma célere, poderão localizar e gerar o código de registo e verificar os actos  praticados pelas comissões  de moradores,  aferir o ano de registo de cada uma delas, bem como ter garantido  o endereço e os dados dos   responsável pelas comissões de moradores”, argumentou.

Na ocasião, o director do gabinete provincial dos Registos e Modernização Administrativa, Abelardo Lemba, ressaltou a importância do evento no quadro do Plano Estratégico de Revitalização das Comissões de Moradores, que conta com o apoio do Programa da Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Participaram do Seminário de Capacitação sobre o Sistema de Registo e Cadastro das Comissões e Conselho de Moradores, administradores municipais, comunais e seus adjuntos, responsáveis pelo acompanhamento das comissões de moradores,  directores municipais para os registos e modernização administrativas e diversos técnicos.