Seis mil BI por se levantar desde 2020

Moçâmedes - Seis mil e 683 bilhetes de identidades, emitidos desde 2020 a presente data, estão por se levantar nos balcões da loja de Registos e Notariado do Namibe, informou, hoje, o delegado local da Justiça e Direitos Humanos, Wilson Vilêngalênga.

Em declarações à Angop, disse que o município do Tômbwa lidera o gráfico com um acumulado de mil e 250 bilhetes, seguido pelo da Bibala com mil e 100 bilhetes e  Kamucuio com 801.

Informou ainda que no município sede de Moçâmedes estão por se levantar 748 bilhetes de identidade no Sector de Identificação Civil de Saidy-Minga, 707 na loja dos registos  e mil e 872 nas diversas brigadas móveis.

Por isso, lamentou a situação, pois regista-se enchentes por altura de emitir o documento, mas não se compreende o facto de as pessoas levarem tanto tempo para levantar o documento.

Segundo o responsável, durante o primeiro semestre deste ano, foram emitidos vinte e três mil e 715 bilhetes de identidades, mais onze mil e 71, em comparação com idêntico período anterior.

Durante o período, foram arrecadados 35 milhões e 238 mil 967 kwanzas, contra 25 milhões 589 mil 466 kwanzas do período homólogo anterior.

 

 

 

 

 

Em declarações à Angop, disse que o município do Tômbwa lidera o gráfico com um acumulado de mil e 250 bilhetes, seguido pelo da Bibala com mil e 100 bilhetes e  Kamucuio com 801.

Informou ainda que no município sede de Moçâmedes estão por se levantar 748 bilhetes de identidade no Sector de Identificação Civil de Saidy-Minga, 707 na loja dos registos  e mil e 872 nas diversas brigadas móveis.

Por isso, lamentou a situação, pois regista-se enchentes por altura de emitir o documento, mas não se compreende o facto de as pessoas levarem tanto tempo para levantar o documento.

Segundo o responsável, durante o primeiro semestre deste ano, foram emitidos vinte e três mil e 715 bilhetes de identidades, mais onze mil e 71, em comparação com idêntico período anterior.

Durante o período, foram arrecadados 35 milhões e 238 mil 967 kwanzas, contra 25 milhões 589 mil 466 kwanzas do período homólogo anterior.