Moçâmedes conta com brigadas de vigilâncias comunitárias

Moçâmedes- Mais de vinte brigadas de vigilância comunitária foram lançadas hoje, quarta-feira, em Moçâmedes, com vista a redução da criminalidade, em acto orientado pelo governador do Namibe, Archer Mangueira.

As brigadas serão instaladas nos bairros periféricos da cidade de Moçâmedes para auxiliar as autoridades policiais.

Na cerimonia de lançamento, o governador do Namibe, Archer Mangueira, disse que o acto marca o compromisso de manter a paz , segurança e tranquilidade nas comunidades, sobretudo, durante o período da noite.

O governante  afirmou que, nos últimos três anos, a província, sobretudo a sua capital  Moçamedes, tem registado um crescimento exponencial de pessoas vindas de outras regiões do país, como Huíla, Cunene, Benguela, Uige, Malange e Luanda em busca de melhores condições de vida, trazendo novos hábitos que propiciam o aumento de crimes.

Por isso, apelou os cidadãos a colaborarem com as entidades policiais na denúncia dos actos que prejudicam a ordem social, pois não efectivo, nem meios que acompanham o crescimento dos bairros.

Com esta inter-relação entre a polícia e os moradores, Archer Mangueira acredita que os crimes vão reduzir drasticamente, proporcionando, deste modo, um ambiente de estabilidade, para que quem quiser visitar  e viver nesta cidade.

Apelou aos membros das brigadas  muita  disciplina, rigor  e consciência cívica elevada para servir a comunidade.

Por seu turno, o comandante da Polícia Nacional do Namibe, comissário Alberto Sebastião Mendes, salientou que este órgão tem vindo a implementar o policiamento de proximidade, com vista a renovar a relação entre a polícia e a população, procurando  direccionar a acção policial às exigências da comunidade.

Realçou ainda que as  brigadas funcionarão como um mecanismo de organização da comunidade, detectando os problemas que dificultam o seu desenvolvimento.

As brigadas serão instaladas nos bairros periféricos da cidade de Moçâmedes para auxiliar as autoridades policiais.

Na cerimonia de lançamento, o governador do Namibe, Archer Mangueira, disse que o acto marca o compromisso de manter a paz , segurança e tranquilidade nas comunidades, sobretudo, durante o período da noite.

O governante  afirmou que, nos últimos três anos, a província, sobretudo a sua capital  Moçamedes, tem registado um crescimento exponencial de pessoas vindas de outras regiões do país, como Huíla, Cunene, Benguela, Uige, Malange e Luanda em busca de melhores condições de vida, trazendo novos hábitos que propiciam o aumento de crimes.

Por isso, apelou os cidadãos a colaborarem com as entidades policiais na denúncia dos actos que prejudicam a ordem social, pois não efectivo, nem meios que acompanham o crescimento dos bairros.

Com esta inter-relação entre a polícia e os moradores, Archer Mangueira acredita que os crimes vão reduzir drasticamente, proporcionando, deste modo, um ambiente de estabilidade, para que quem quiser visitar  e viver nesta cidade.

Apelou aos membros das brigadas  muita  disciplina, rigor  e consciência cívica elevada para servir a comunidade.

Por seu turno, o comandante da Polícia Nacional do Namibe, comissário Alberto Sebastião Mendes, salientou que este órgão tem vindo a implementar o policiamento de proximidade, com vista a renovar a relação entre a polícia e a população, procurando  direccionar a acção policial às exigências da comunidade.

Realçou ainda que as  brigadas funcionarão como um mecanismo de organização da comunidade, detectando os problemas que dificultam o seu desenvolvimento.