Mortes por acidentes de viação reduzem no Namibe

Moçâmedes – Vinte e sete pessoas morreram e 217 ficaram feridas em consequência de 203 acidentes de viação registados de Janeiro a Novembro deste ano, na província do Namibe, menos nove óbitos em relação ao igual período de 2019.

A informação foi avançada hoje, segunda-feira, à Angop, pelo chefe de departamento e segurança rodoviária, André Domingos Mandela, adiantando que os acidentes provocaram danos materiais avaliados em 65 milhões e 830 mil kwanzas.

O responsável salientou que as mortes foram causados por atropelamentos, capotamentos, colisão entre veículos automóveis e motociclos simples, entre outros.

“Lamentamos o facto de alguns automobilistas e motociclistas que,  no exercício das suas funções, conduzem sem o cumprimento das regras de trânsito, associado ao não uso do cinto de segurança e do capacete de protecção”, referiu.

Apontou o mau estado das viaturas e das vias de acesso, bem como a falta de iluminação pública como causas dos acidentes.

A informação foi avançada hoje, segunda-feira, à Angop, pelo chefe de departamento e segurança rodoviária, André Domingos Mandela, adiantando que os acidentes provocaram danos materiais avaliados em 65 milhões e 830 mil kwanzas.

O responsável salientou que as mortes foram causados por atropelamentos, capotamentos, colisão entre veículos automóveis e motociclos simples, entre outros.

“Lamentamos o facto de alguns automobilistas e motociclistas que,  no exercício das suas funções, conduzem sem o cumprimento das regras de trânsito, associado ao não uso do cinto de segurança e do capacete de protecção”, referiu.

Apontou o mau estado das viaturas e das vias de acesso, bem como a falta de iluminação pública como causas dos acidentes.