Plantadas 300 mudas de árvores no bairro 4 de Março

Moçâmedes- Trezentas mudas de gliciridias foram plantadas neste domingo, no bairro 4 de Março, município de Moçâmedes, província do Namibe, pelos moradores e ambientalistas, no âmbito do programa das comemorações do Dia da Paz e da Reconciliação Nacional.

Em entrevista à ANGOP, o administrador Municipal de Moçâmedes, Carlos Sá, pediu preserverança e sustentabilidade do projecto que está a ser desenvolvido pelos jovens ambientalistas e o Instituto de Desenvolvimento Florestal  Local, comissão de moradores e municípes.

O referido projecto tem como principal objectivo a continuidade de acções para um ambiente ecologicamente sustentável, que visa criar inúmeras ilhas de sombra para embelezar e arborizar a localidade, dando um ar mais puro para se respirar.

Apelou ainda aos moradores a cuidarem bem das plantas para que possam crescer sadiamente, fazendo toda a manutenção necessária como a rega e poda.

O bairro 4 de Março, que existe desde 2015, conta com mais de mil habitantes, na sua maioria pequenos camponeses e funcionarios publicos.

Conta com alguns serviços sociais como escolas, postos de saúde, sistema de abastecimento de água e um poligo florestal afecto a Igreja Católica.

 

 

Em entrevista à ANGOP, o administrador Municipal de Moçâmedes, Carlos Sá, pediu preserverança e sustentabilidade do projecto que está a ser desenvolvido pelos jovens ambientalistas e o Instituto de Desenvolvimento Florestal  Local, comissão de moradores e municípes.

O referido projecto tem como principal objectivo a continuidade de acções para um ambiente ecologicamente sustentável, que visa criar inúmeras ilhas de sombra para embelezar e arborizar a localidade, dando um ar mais puro para se respirar.

Apelou ainda aos moradores a cuidarem bem das plantas para que possam crescer sadiamente, fazendo toda a manutenção necessária como a rega e poda.

O bairro 4 de Março, que existe desde 2015, conta com mais de mil habitantes, na sua maioria pequenos camponeses e funcionarios publicos.

Conta com alguns serviços sociais como escolas, postos de saúde, sistema de abastecimento de água e um poligo florestal afecto a Igreja Católica.