Quatrocentas famílias vulneráveis no Curoca recebem bens alimentares

Moçâmedes - Quatrocentas famílias vulneráveis afectadas pela seca da povoação do Curoca, comuna do Yona, município do Tômbwa, beneficiam, hoje, de bens alimentares, entregues pela Cruz Vermelha de Angola.

Entre os bens, consta arroz,  fuba de milho, óleo vegetal e massa alimentar, feijão, produtos de higienização e de biossegurança contra à Covid-19.

 Em declarações à ANGOP, o secretário provincial da Cruz Vermelha de Angola do Namibe, Daniel Kussumwa,  disse que o objectivo desta doação visa reduzir a carência alimentar que se faz sentir  no seio das populações desta comunidade .

Dos beneficiados, segundo o responsável, consta igualmente habitantes  das povoações dos Ngambo e da Chibia, província da Huila, na maioria nómadas.

 

 

 

Entre os bens, consta arroz,  fuba de milho, óleo vegetal e massa alimentar, feijão, produtos de higienização e de biossegurança contra à Covid-19.

 Em declarações à ANGOP, o secretário provincial da Cruz Vermelha de Angola do Namibe, Daniel Kussumwa,  disse que o objectivo desta doação visa reduzir a carência alimentar que se faz sentir  no seio das populações desta comunidade .

Dos beneficiados, segundo o responsável, consta igualmente habitantes  das povoações dos Ngambo e da Chibia, província da Huila, na maioria nómadas.