Comuna da Lucira volta a ter energia eléctrica

  • Govenador do Namibe Archer Mangueira, entrega um gerador a administração comunal da Lucira, municipio de Moçâmedes
Moçâmedes- Seis meses depois, os habitantes da comuna da Lucira, município de Moçâmedes (Namibe), voltaram a consumir energia electrica, com a entrega de um gerador de 500 kvas, pelo governador provincial, Archer Mangueira.

A comuna possui oito mil e 870 habitantes, na sua maioria pescadores e pequenos camponeses.

A entrada em funcionamento deste equipamento vai permitir a ligação do sistema de iluminação  pública e domiciliar.

Na ocasião, o administrador comunal da Lucira, Merlachi Hach, satisfeito, explicou que o anterior gerador mostrou uma avaria, em função do tempo de uso.

Por seu turno, o governador provincial do Namibe, Archer Mangueira, lembrou que é preocupação do governo resolver os problemas que assolam as comunidades, apelando para a manutenção adequada do equipamento.

Incumprimento na execução do projecto de água

Em relação ao fornecimento de água, Archer Mangueira manifestou-se insatisfeito com a empresa que venceu o concurso público para a construção de furos de água, por não concluir o trabalho.

Disse que este é um assunto que vai ser tratado a nível das instâncias judiciais para se responsabilizar o incumpridor.

No cumprimento da sua jornada de trabalho na Lucira, o governador visitou o furo de água da povoação da Barragem, o Centro de Apoio à Pesca Artesanal, assim como a povoação do Piambo.

A comuna da Lucira dista há  204 quilómetros a norte da província do Namibe.

 

 

 

 

 

 

A comuna possui oito mil e 870 habitantes, na sua maioria pescadores e pequenos camponeses.

A entrada em funcionamento deste equipamento vai permitir a ligação do sistema de iluminação  pública e domiciliar.

Na ocasião, o administrador comunal da Lucira, Merlachi Hach, satisfeito, explicou que o anterior gerador mostrou uma avaria, em função do tempo de uso.

Por seu turno, o governador provincial do Namibe, Archer Mangueira, lembrou que é preocupação do governo resolver os problemas que assolam as comunidades, apelando para a manutenção adequada do equipamento.

Incumprimento na execução do projecto de água

Em relação ao fornecimento de água, Archer Mangueira manifestou-se insatisfeito com a empresa que venceu o concurso público para a construção de furos de água, por não concluir o trabalho.

Disse que este é um assunto que vai ser tratado a nível das instâncias judiciais para se responsabilizar o incumpridor.

No cumprimento da sua jornada de trabalho na Lucira, o governador visitou o furo de água da povoação da Barragem, o Centro de Apoio à Pesca Artesanal, assim como a povoação do Piambo.

A comuna da Lucira dista há  204 quilómetros a norte da província do Namibe.