ONU apoia mulheres angolanas em zonas rurais

Ondjiva – A organização das Nações Unidas (ONU), através da sua agência Fundo das Nações Unidas para à População (UNFPA), doou hoje em Ondjiva, ao governo da província do Cunene, dois mil e 100 Kits de higiene pessoal feminina para serem entregues às mulheres angolanas em zonas rural desta parte do país.

A doação destes Kits ao Cunene, consta das acções de um projecto denominado Fundo de Emergência 262 que teve início na província do Cunene em Outubro último  e termina em Dezembro deste ano. 

Cada kit  é composto por um balde, pasta de dentes,   detergente em pó,   escova de dentes, três roupas interiores, um pano, chinela e pensos higiénicos íntimos (modex). 

Consta ainda do projecto acções de  sensibilização sobre as medidas de prevenção das doenças transmissíveis sexualmente, a importância e os métodos de planeamento familiar para a saúde da família e a violência baseada no género.

O vice-governador para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas do Cunene,   Édio Gentil José, que recebeu o Kits em nome do governo do Cunene, disse que os kits chegaram no momento certo em que o mundo vive a pandemia da Covid-19 e vai permitir melhorar a dignidade e higiene pessoal das mulheres do meio rural.

Édio Gentil Jose sublinhou que a maior parte das mulheres no Cunene vivem na zona rural, sendo que a iniciativa vai de encontro ao seu empoderamento.

O Sistema da ONU abrange uma ampla gama de agências de diferentes estruturas institucional e funcional. E destas várias agências consta o Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA).

O UNFPA é a agência de saúde sexual e reprodutiva das Nações Unidas. A sua missão é a de promover um mundo onde todas gravidezes são desejadas, todos os partos são seguros e onde o potencial de cada jovem é alcançado.

Enquanto agência de cooperação internacional para o desenvolvimento o UNFPA promove o direito de cada mulher, homem, jovem e criança a viver uma vida saudável e com igualdade de oportunidades para todos.

O UNFPA já actua na província do Cunene desde 2019, tendo já  entregue oito mil kits de dignidade às mulheres em idade reprodutiva a nível dos seis municípios da província.