Covid-19: PN encerra dezasseis clubes de diversão

  • Comissário Divaldo Martins, comandante da Polícia Nacional e delegado provincial da Huíla do MININT
Lubango – Dezasseis clubes de diversão nocturna foram encerrados, no fim-de-semana, na província da Huíla, por violarem as regras de biossegurança de prevenção à Covid-19.

Os estabelecimentos foram encerrados durante uma operação policia, informou hoje, segunda-feira, o comandante provincial da Polícia Nacional, comissário Divaldo Martins.

Disse que foram encerrados bares e clubes “reincidentes” no incumprimento das medidas de biossegurança.

Entre eles, estão os bares e clubes o Criador, Medeira, EDM, Zavula, Bom Sabor, Pub M.M, Bar Marginal, Sabor Chela, Verdinha, París, Bar da Mitcha e Mapunda, todos já multados por mais de duas vezes, sempre por conduta atentatória à saúde pública.

O comandante expressou que antes a polícia “realizou múltiplas acções de sensibilização e de advertência” a estes estabelecimentos, para a observância e o cumprimento cabal das medidas previstas no Decreto Presidencial sobre a Situação de Calamidade Pública no país, mas defraudaram.

Para além das multas, conforme o oficial, foram apreendidas aparelhagens de som, tendo alertando que enquanto força pública que deve fiscalizar e garantir o cumprimento das leis, a corporação vai redobrar as medidas de fiscalização tendentes a prevenção da propagação da Convid-19 e punir os infractores.

Com a aprovação do novo Decreto Presidencial, cuja vigência e aplicação começou a vigorar a partir de hoje, há uma actualização das medidas de prevenção e controlo da propagação do Vírus, assim como das regras de funcionamento dos serviços públicos e privados, dos equipamentos sociais e outras actividades durante a vigência da Situação de Calamidade Pública.

 

 

Os estabelecimentos foram encerrados durante uma operação policia, informou hoje, segunda-feira, o comandante provincial da Polícia Nacional, comissário Divaldo Martins.

Disse que foram encerrados bares e clubes “reincidentes” no incumprimento das medidas de biossegurança.

Entre eles, estão os bares e clubes o Criador, Medeira, EDM, Zavula, Bom Sabor, Pub M.M, Bar Marginal, Sabor Chela, Verdinha, París, Bar da Mitcha e Mapunda, todos já multados por mais de duas vezes, sempre por conduta atentatória à saúde pública.

O comandante expressou que antes a polícia “realizou múltiplas acções de sensibilização e de advertência” a estes estabelecimentos, para a observância e o cumprimento cabal das medidas previstas no Decreto Presidencial sobre a Situação de Calamidade Pública no país, mas defraudaram.

Para além das multas, conforme o oficial, foram apreendidas aparelhagens de som, tendo alertando que enquanto força pública que deve fiscalizar e garantir o cumprimento das leis, a corporação vai redobrar as medidas de fiscalização tendentes a prevenção da propagação da Convid-19 e punir os infractores.

Com a aprovação do novo Decreto Presidencial, cuja vigência e aplicação começou a vigorar a partir de hoje, há uma actualização das medidas de prevenção e controlo da propagação do Vírus, assim como das regras de funcionamento dos serviços públicos e privados, dos equipamentos sociais e outras actividades durante a vigência da Situação de Calamidade Pública.