Ordem dos Advogados inicia campanha eleitoral

  • Logomarca da Ordem dos Advogados de Angola
Luanda - A campanha eleitoral na Ordem dos Advogados de Angola (OAA) para o cargo de bastonário inicia neste domingo, com lista única, liderada pelo advogado Luís Monteiro Marques, que concorre à própria sucessão.

Luís Monteiro apresentou a sua candidatura em Dezembro de 2020.

As eleições na OAA, que também vão eleger membros do Conselho Nacional, terão lugar dia 30 deste mês.

Estão previstas, igualmente nesta data, eleições no Conselho provincial de Luanda, para o triénio 2021/2023, cuja campanha também inicia hoje, com duas candidaturas.

Em Luanda, concorrem os advogados Nilton Lopes Praia, e Henriqueta e Sousa e Silva.

A Ordem dos Advogados de Angola foi proclamada aos 20 de Setembro de 1996, em Luanda.

O acto da proclamação foi precedido da aprovação do Estatuto da Ordem dos Advogados de Angola pelo Decreto n.º28/96, de 13 de Setembro do Conselho de Ministros (Dr. n.º39, I Série, 1996) e seguido de um acto eleitoral para o provimento dos seus cargos estatutários.

 

Luís Monteiro apresentou a sua candidatura em Dezembro de 2020.

As eleições na OAA, que também vão eleger membros do Conselho Nacional, terão lugar dia 30 deste mês.

Estão previstas, igualmente nesta data, eleições no Conselho provincial de Luanda, para o triénio 2021/2023, cuja campanha também inicia hoje, com duas candidaturas.

Em Luanda, concorrem os advogados Nilton Lopes Praia, e Henriqueta e Sousa e Silva.

A Ordem dos Advogados de Angola foi proclamada aos 20 de Setembro de 1996, em Luanda.

O acto da proclamação foi precedido da aprovação do Estatuto da Ordem dos Advogados de Angola pelo Decreto n.º28/96, de 13 de Setembro do Conselho de Ministros (Dr. n.º39, I Série, 1996) e seguido de um acto eleitoral para o provimento dos seus cargos estatutários.