PN detém quatro cidadãos por crime de cárcere privado

Xá-muteba - Quatro cidadãos de 23 e 43 anos de idade foram detidos, hoje (quarta-feira), pelas autoridades policiais, no município de Xá-muteba, por suposto envolvimento em crime de cárcere privado de um soba de 50 anos no bairro Kiluange.

 

De acordo com o porta-voz da delegação do Ministério do Interior na Lunda Norte, Rodrigues Zeca, a vítima "estava a ser acusada de feiticeiro e causador de mortes excessivas na família" tendo motivado os quatro cidadãos, por sinal seus sobrinhos, em coloca-lo em cárcere privado.

"O soba foi mantido em cativeiros durante 72 horas na residência de um dos autores do crime, para posteriormente realizar-se um ritual para receberem o suposto feitiço", sublinhou.

Os implicados já foram encaminhados ao Serviço de Investigação Criminal (SIC), para os trâmites legais que se impõem.

Este é o primeiro caso no município de Xá-muteba, registado este ano.

 

 

De acordo com o porta-voz da delegação do Ministério do Interior na Lunda Norte, Rodrigues Zeca, a vítima "estava a ser acusada de feiticeiro e causador de mortes excessivas na família" tendo motivado os quatro cidadãos, por sinal seus sobrinhos, em coloca-lo em cárcere privado.

"O soba foi mantido em cativeiros durante 72 horas na residência de um dos autores do crime, para posteriormente realizar-se um ritual para receberem o suposto feitiço", sublinhou.

Os implicados já foram encaminhados ao Serviço de Investigação Criminal (SIC), para os trâmites legais que se impõem.

Este é o primeiro caso no município de Xá-muteba, registado este ano.