População do Evale ganha rede de iluminação pública

  • Cunene: Governadora Gerdina Didalewa inaugura rede de iluminação pública e ligações domiciliares
Ondjiva - A população de Okapango, sede da comuna do Evale, município do Cuanhama, província do Cunene, ganhou sexta-feira, uma rede de iluminação pública e ligações domiciliares, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

O projecto executado no prazo de 60 dias, foi implantado numa extensão de 10 mil metros lineares de rede de baixa tensão e iluminação pública e prevê abranger mil ligações domiciliares na sede da comuna.

Orçado em 151 milhões, 195 mil e 75 kwanzas, o sistema é alimentado por um grupo gerador com uma capacidade de 110  KVA.

O projecto da rede de baixa tensão que teve um valor inicial de 118 milhões, 977 mil, 133 kwanzas, que sofreu uma denda de 22, 6 por cento, por motivo da subida dos preços do material de construção no mercado. 

No acto de inauguração da rede, a governadora da província do Cunene, Gerdina Didalelwa, disse que este ganho servira dignamente as populações do Evale, quer a nível da iluminação pública quer a nível domiciliar.

Assegurou que o Governo vai continuar a trabalhar na melhoria do fornecimento da corrente eléctrica na província, com vista a facilitar a circulação de pessoas e bens, no período nocturno.

Gerdina Didalelwa sublinhou que na primeira fase foram beneficiadas instituições e agora seguira as ligações domiciliares, a responsabilidade estará a cargo da administração municipal do Cuanhama.

A comuna do Evale, situa-se a 66 quilómetros a norte da cidade de Ondjiva, capital da província do Cunene, e conta com uma população estimada em 55 mil e 386  habitantes, distribuídos em 13 povoações.

O município do Cuanhama foi contemplado com 12 projectos, consignados em Março e Maio de 2020, avaliados em um mil milhões, 933 mil milhões, 766 mil e 580 kwanzas.

No geral, a província possui 97 projectos do PIIM, entre escolas, unidades sanitárias, vias estruturantes, melhoria do saneamento básico, entre outros, avaliados em 21 mil milhões, 993 milhões e 591 mil kwanzas.

 

 

O projecto executado no prazo de 60 dias, foi implantado numa extensão de 10 mil metros lineares de rede de baixa tensão e iluminação pública e prevê abranger mil ligações domiciliares na sede da comuna.

Orçado em 151 milhões, 195 mil e 75 kwanzas, o sistema é alimentado por um grupo gerador com uma capacidade de 110  KVA.

O projecto da rede de baixa tensão que teve um valor inicial de 118 milhões, 977 mil, 133 kwanzas, que sofreu uma denda de 22, 6 por cento, por motivo da subida dos preços do material de construção no mercado. 

No acto de inauguração da rede, a governadora da província do Cunene, Gerdina Didalelwa, disse que este ganho servira dignamente as populações do Evale, quer a nível da iluminação pública quer a nível domiciliar.

Assegurou que o Governo vai continuar a trabalhar na melhoria do fornecimento da corrente eléctrica na província, com vista a facilitar a circulação de pessoas e bens, no período nocturno.

Gerdina Didalelwa sublinhou que na primeira fase foram beneficiadas instituições e agora seguira as ligações domiciliares, a responsabilidade estará a cargo da administração municipal do Cuanhama.

A comuna do Evale, situa-se a 66 quilómetros a norte da cidade de Ondjiva, capital da província do Cunene, e conta com uma população estimada em 55 mil e 386  habitantes, distribuídos em 13 povoações.

O município do Cuanhama foi contemplado com 12 projectos, consignados em Março e Maio de 2020, avaliados em um mil milhões, 933 mil milhões, 766 mil e 580 kwanzas.

No geral, a província possui 97 projectos do PIIM, entre escolas, unidades sanitárias, vias estruturantes, melhoria do saneamento básico, entre outros, avaliados em 21 mil milhões, 993 milhões e 591 mil kwanzas.