Prova de vida de antigos combatentes em Setembro

  • Prova de vida dos Antigos Combatentes
Luanda - O gabinete provincial de Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria em Luanda realiza, em Setembro próximo, o recadastramento e prova de vida dos seus pensionistas.

Uma fonte dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria disse hoje, quinta-feira, à Angop que o recadastramento e a prova de vida tem como objectivo assegurar a avaliação permanente da situação dos pensionistas e melhorar o seu controlo.

O gabinete, que controla cerca de 25 mil pensionistas entre antigos combatentes, portadores de deficiência, viúvas e órfãos de guerra, pretende realizar o cadastramento e a prova de vida num período de 30 dias, nas representações municipais.

A fonte referiu que, regularmente, o gabinete realiza acções para os seus assistidos no sentido de minimizar os problemas sociais, assim como garantir a protecção no ensino e formação profissional.

Paralelamente a isso, segundo a fonte, o Gabinete Provincial de Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria continua a apoiar a criação de cooperativas agropecuaria e pesca e de  produção agrária, no âmbito dos projectos dos órgãos centrais e locais do Estado.

 

Uma fonte dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria disse hoje, quinta-feira, à Angop que o recadastramento e a prova de vida tem como objectivo assegurar a avaliação permanente da situação dos pensionistas e melhorar o seu controlo.

O gabinete, que controla cerca de 25 mil pensionistas entre antigos combatentes, portadores de deficiência, viúvas e órfãos de guerra, pretende realizar o cadastramento e a prova de vida num período de 30 dias, nas representações municipais.

A fonte referiu que, regularmente, o gabinete realiza acções para os seus assistidos no sentido de minimizar os problemas sociais, assim como garantir a protecção no ensino e formação profissional.

Paralelamente a isso, segundo a fonte, o Gabinete Provincial de Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria continua a apoiar a criação de cooperativas agropecuaria e pesca e de  produção agrária, no âmbito dos projectos dos órgãos centrais e locais do Estado.