Ravina ameaça cortar circulação do troço Catete/Quiçama

  • Ravina em progressão
Luanda - O acesso ao município da Quiçama, passando pela vila de Catete, município de Icolo e Bengo, pode ser interrompido, nos próximos dias, por uma ravina que tem progredido na Estrada Nacional 110.

Em declarações hoje, (terça-feira), à ANGOP, via whatshapp, o administrador do município da Quiçama António Fiel, explicou que o assunto da ravina já foi entregue ao Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA), por ser uma Estrada Nacional, esperando a sua intervenção nos próximos dias.

O administrador disse que aos poucos a EN110, naquele troço, está a ficar intransitável, fazendo com que tenha apenas uma faixa de rodagem.

António Fiel referiu que a ravina surgiu numa zona que se encontra numa subida a 10 por cento, causando muito perigo para quem circula diariamente naquela estrada.

O município da Quiçama, segundo projecções de 2018 do Instituto Nacional de Estatística, conta com uma população de 45 mil 262 habitantes distribuídos em uma área de 12.046 quilómetros quadrados.

É limitado a Norte pelos municípios de Viana e Icolo e Bengo, a Leste por Cambambe (Cuanza Norte), Libolo e Quibala (Cuanza Sul), a Sul por Quilenda e Porto Amboim (Cuanza Sul) e a Oeste pelo Oceano Atlântico.

Fazem do município, com mais de metade da sua extensão ocupado pelo Parque Nacional da Kissama, as comunas da Muxima (sede municipal), Demba Chio, Kixinge, Mumbondo e Cabo Ledo.

 


 

 

Em declarações hoje, (terça-feira), à ANGOP, via whatshapp, o administrador do município da Quiçama António Fiel, explicou que o assunto da ravina já foi entregue ao Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA), por ser uma Estrada Nacional, esperando a sua intervenção nos próximos dias.

O administrador disse que aos poucos a EN110, naquele troço, está a ficar intransitável, fazendo com que tenha apenas uma faixa de rodagem.

António Fiel referiu que a ravina surgiu numa zona que se encontra numa subida a 10 por cento, causando muito perigo para quem circula diariamente naquela estrada.

O município da Quiçama, segundo projecções de 2018 do Instituto Nacional de Estatística, conta com uma população de 45 mil 262 habitantes distribuídos em uma área de 12.046 quilómetros quadrados.

É limitado a Norte pelos municípios de Viana e Icolo e Bengo, a Leste por Cambambe (Cuanza Norte), Libolo e Quibala (Cuanza Sul), a Sul por Quilenda e Porto Amboim (Cuanza Sul) e a Oeste pelo Oceano Atlântico.

Fazem do município, com mais de metade da sua extensão ocupado pelo Parque Nacional da Kissama, as comunas da Muxima (sede municipal), Demba Chio, Kixinge, Mumbondo e Cabo Ledo.