Resíduos sólidos hospitalares no Zango já retirados do local

Luanda – O Governo Provincial de Luanda anunciou, nesta quinta-feira, a retirada dos resíduos sólidos e lixo hospitalar depositados em local impróprio, no Distrito Urbano do Zango, município de Viana.

Em nota enviada à ANGOP, o GPL avança terem sido acondicionados numa área fora de alcance das populações para posterior incineração.

O GPL realça ter tomado conhecimento do acondicionamento do lixo em local impróprio por meio de um vídeo denuncia posto a circular nas redes sociais na quarta-feira (3 de Março).

O Governo de Luanda descarta responsabilidade e realça não ser sua pratica recorrer a este tipo de tratamento de resíduos hospitalares, já que sempre foi exigido um procedimento especializado.

Refere, por outro lado, terem sido accionados os mecanismos no sentido de se apurar os responsáveis pela deposição dos resíduos numa zona onde coexistem três unidades hospitalares privadas.

Adianta que serão tomados todos procedimentos legais para a responsabilização administrativa, civil e criminal dos prováveis implicados.

Conforme o GPL, a Administração Municipal de Viana, em colaboração com o Serviço de Investigação Criminal (SIC), realizou diligências no local no sentido de localizar e responsabilizar nos termos da lei.

O GPL, no entanto, lamenta o sucedido e agradece, publicamente, a autora da publicação do vídeo, considerando-a ter prestado um acto positivo de cidadania.

Em nota enviada à ANGOP, o GPL avança terem sido acondicionados numa área fora de alcance das populações para posterior incineração.

O GPL realça ter tomado conhecimento do acondicionamento do lixo em local impróprio por meio de um vídeo denuncia posto a circular nas redes sociais na quarta-feira (3 de Março).

O Governo de Luanda descarta responsabilidade e realça não ser sua pratica recorrer a este tipo de tratamento de resíduos hospitalares, já que sempre foi exigido um procedimento especializado.

Refere, por outro lado, terem sido accionados os mecanismos no sentido de se apurar os responsáveis pela deposição dos resíduos numa zona onde coexistem três unidades hospitalares privadas.

Adianta que serão tomados todos procedimentos legais para a responsabilização administrativa, civil e criminal dos prováveis implicados.

Conforme o GPL, a Administração Municipal de Viana, em colaboração com o Serviço de Investigação Criminal (SIC), realizou diligências no local no sentido de localizar e responsabilizar nos termos da lei.

O GPL, no entanto, lamenta o sucedido e agradece, publicamente, a autora da publicação do vídeo, considerando-a ter prestado um acto positivo de cidadania.