IGAE já funciona no Cunene

  • Delegado provincial do IGAE no Cunene, Célio Mauro de Oliveira
Ondjiva - O serviço de Inspecção-Geral da Administração do Estado (IGAE) no Cunene, entrou, nesta quarta-feira, em funcionamento, com apresentação do primeiro delegado provincial, Célio Mauro de Oliveira.

Os cidadãos no Cunene  podem agora denunciar directamente à Inspecção-Geral da Administração de Estado (IGAE) casos de mau atendimento, suborno, corrupção nos serviços públicos, entre outros.

De acordo com o inspector-geral adjunto da Administração do Estado(IGAE), Eduardo Semente Augusto, a expansão dos serviços visa a moralização do serviços públicos.

O vice-governador do Cunene para os Serviços Técnicos  e Infra-estruturas do Cunene, Édio  Gentil Sambwako, alertou que o novo paradigma de governação exige maior dinamismo da inspecção, para garantir um serviço público de qualidade.

No seu entender, os gestores públicos devem respeitar os princípios da boa administração pública, para que os cidadãos se sintam protegidos.

Por seu turno, o delegado provincial do IGAE no Cunene, Célio Mauro de Oliveira, sublinhou que a missão é nobre, pois está em causa o bem servir ao país e aos cidadãos.

O IGAE tem já delegações provinciais em  Luanda, Benguela, Bengo, Cunene, Cuanza-Norte, Cuanza-Sul, Huambo,  Huíla e Cunene.

Os cidadãos no Cunene  podem agora denunciar directamente à Inspecção-Geral da Administração de Estado (IGAE) casos de mau atendimento, suborno, corrupção nos serviços públicos, entre outros.

De acordo com o inspector-geral adjunto da Administração do Estado(IGAE), Eduardo Semente Augusto, a expansão dos serviços visa a moralização do serviços públicos.

O vice-governador do Cunene para os Serviços Técnicos  e Infra-estruturas do Cunene, Édio  Gentil Sambwako, alertou que o novo paradigma de governação exige maior dinamismo da inspecção, para garantir um serviço público de qualidade.

No seu entender, os gestores públicos devem respeitar os princípios da boa administração pública, para que os cidadãos se sintam protegidos.

Por seu turno, o delegado provincial do IGAE no Cunene, Célio Mauro de Oliveira, sublinhou que a missão é nobre, pois está em causa o bem servir ao país e aos cidadãos.

O IGAE tem já delegações provinciais em  Luanda, Benguela, Bengo, Cunene, Cuanza-Norte, Cuanza-Sul, Huambo,  Huíla e Cunene.