SJA realiza congresso

  • Secretário-geral do Sindicato dos Jornalistas Angolanos, Teixeira Cândido
Luanda – O Sindicato dos Jornalistas Angolanos (SJA) realiza, neste sábado, o VI congresso para eleição dos novos corpos sociais.

Com uma agenda de sete pontos, os congressistas vão eleger o substituto de Teixeira Cândido no comando da organização para o quadriénio 2021/2025.

Para o cargo concorre, para a sua sucessão, o jornalista e actual secretário-geral, Teixeira Cândido.

Fundado em Março de 1992, a organização já foi dirigida, entre outros, por Ismael Mateus, Luísa Rogério e Teixeira Cândido.

O SJA é uma associação socio-profissional com mais de três mil filiados. Tem como principal executivo o secretário-geral, assistido por um adjunto, um coordenador para as Relações Institucionais e um coordenador para as Finanças.

O seu principal objectivo é defender melhor liberdade de imprensa e condições sociais. É de âmbito nacional.

 

Com uma agenda de sete pontos, os congressistas vão eleger o substituto de Teixeira Cândido no comando da organização para o quadriénio 2021/2025.

Para o cargo concorre, para a sua sucessão, o jornalista e actual secretário-geral, Teixeira Cândido.

Fundado em Março de 1992, a organização já foi dirigida, entre outros, por Ismael Mateus, Luísa Rogério e Teixeira Cândido.

O SJA é uma associação socio-profissional com mais de três mil filiados. Tem como principal executivo o secretário-geral, assistido por um adjunto, um coordenador para as Relações Institucionais e um coordenador para as Finanças.

O seu principal objectivo é defender melhor liberdade de imprensa e condições sociais. É de âmbito nacional.