Vice-governador de Malanje prioriza PIIM e estancamento de ravinas

  • Plano integrado de intervenção nos municípios"PIIM"
Malanje- A dinamização das obras do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) e o estancamento e prevenção de ravinas figuram entre as principais prioridades do novo vice-governador de Malanje para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas, Angelino Mungila Quissonde.

O responsável, que elencou estes desafios durante a sua apresentação aos membros do governo provincial, recordou que Malanje é uma região onde a progressão de ravinas é frequente, daí a aposta na prevenção e estancamento, de modo a não colocar em risco a vida da população.

Sem especificar acções em concreto, apontou ainda a melhoria das infra-estruturas e do aspecto arquictetónico da cidade de Malanje como outra área a “atacar”.

Em Malanje, estão catalogadas 13 ravinas de grandes proporções, das quais apenas três estão a ser intervencionadas, pelo Ministério das Obras Públicas e Ordenamento do Território, nos municípios de Marimba (1) e de Massango (2).

Quanto ao PIIM, lançado em Maio de 2020,  a província tem uma carteira de 131 projectos, orçada em 26 mil milhões 718 milhões de kwanzas.

Das acções inscritas, destacam-se 45 no sector da educação, 25 em vias de comunicação, 19 ligados as águas, 16 à saúde, 15 de limpeza e saneamento, enquanto reforço da capacidade institucional tem seis projectos, a energia um e outros seis destinam-se às telecomunicações e construção de equipamentos urbanos.

Angelino Mungila Quissonde foi nomeado pelo Presidente da República, João Lourenço, a 12 de Maio, substituindo Gabriel Pontes.

O responsável, que elencou estes desafios durante a sua apresentação aos membros do governo provincial, recordou que Malanje é uma região onde a progressão de ravinas é frequente, daí a aposta na prevenção e estancamento, de modo a não colocar em risco a vida da população.

Sem especificar acções em concreto, apontou ainda a melhoria das infra-estruturas e do aspecto arquictetónico da cidade de Malanje como outra área a “atacar”.

Em Malanje, estão catalogadas 13 ravinas de grandes proporções, das quais apenas três estão a ser intervencionadas, pelo Ministério das Obras Públicas e Ordenamento do Território, nos municípios de Marimba (1) e de Massango (2).

Quanto ao PIIM, lançado em Maio de 2020,  a província tem uma carteira de 131 projectos, orçada em 26 mil milhões 718 milhões de kwanzas.

Das acções inscritas, destacam-se 45 no sector da educação, 25 em vias de comunicação, 19 ligados as águas, 16 à saúde, 15 de limpeza e saneamento, enquanto reforço da capacidade institucional tem seis projectos, a energia um e outros seis destinam-se às telecomunicações e construção de equipamentos urbanos.

Angelino Mungila Quissonde foi nomeado pelo Presidente da República, João Lourenço, a 12 de Maio, substituindo Gabriel Pontes.